terça-feira, 29 de setembro de 2009

Conhecendo os Artistas do Cariri - Pachelly Jamacaru - Na Música e na Fotografia, um grande Talento !



ARTISTA EM FOCO



Olá, Amigos,

Em comemoração ao Dia do Cantor e da MPB, ocorrido no último sábado, publiquei uma matéria no Blog do Crato, que trago aqui para o Cultura no Cariri, pois tem tudo a ver.

Uma das coisas mais lamentáveis do Crato é que não sabe valorizar seus próprios artistas. Pouca gente conhece, muito pouca gente sabe dar o valor merecido, e pouquíssimos ainda conhecem a vida e a obra desses artistas, que são merecidamente muito valorizados lá fora. Hoje falaremos sobre o grande músico, autor de mais de 400 músicas, violonista, flautista, inigualável fotógrafo, além de escritor e poeta Pachelly Jamacaru. Um dos grandes nomes que essa cidade já produziu e que carece do devido reconhecimento perante a cidade. Mas isso se deve também à modéstia do gênio, que não fica por aí como muitos, atrás do sucesso fugaz. Considero Pachelly como um desses grandes talentos que trabalham na sombra. Faz a sua arte sublime para o mundo. Seu brado atinge o universo. Mas assim como a luz, que varre o cosmos, os cegos não a percebem.

PACHELLY JAMACARU

O artista em foco de hoje é o caririense Pachelly Jamacaru, irmão mais jovem do também admirável cantor e compositor Abidoral Jamacaru, e de Roberto jamacaru, um dos maiores poetas e escritores do Cariri.

Pachelly logo cedo abraçou a música como sua paixão-mor. Participou de inúmeros festivais, e ficou amplamente conhecido em 1979 com a música "não haverá mais um dia", canção que, venceu um festival, foi gravada em disco "Massafeira", nome de um dos maiores movimentos musicais do Ceará, e estilisticamente falando, não difere em qualidade nem em grau de harmonia e ousadia de suas composições mais atuais. Pachelly possui atualmente 3 CDs gravados. Há muitos anos, possui como hobby a fotografia, que ultimamente tem se tornado uma verdadeira paixão. Já realizou diversas exposições de seus trabalhos fotográficos com grande sucesso.

Fotógrafo, a beleza de suas fotografias é comparável aos melhores do gênero no Brasil. Tanto que merecidamente, ganhou uma premiação da maior Revista de fotografia do País, a "Fotografe Melhor", em concurso a nível nacional recentemente. Mas o Crato, como sempre acontece, desconhece esse talento...Dotado de uma sensibilidade para o visual, para o inusitado, suas fotos não são meramente fotos, são poemas em forma de imagens, algo que inspira outros artistas. Por outro lado, a música de Pachelly Jamacaru possui harmonias complexas, inusitadas, incomuns, de um gosto muito refinado, suas influências são muito abrangentes, de Caetano, Gilberto Gil, Tom Jobim, e eu diria até que no Ceará, e porque não dizer, no Nordeste, desconheço compositor popular de tamanho refinamento. Pachelly não junta meramente letras com músicas, suas melodias podem ser ouvidas ainda de modo instrumental, que funcionam da mesma forma. Não se limita a uma ou duas posições ao violão. São refinadas. Algumas de suas composições, como a "A MANGA" ( presente em seu mais recente álbum ), revela uma complexidade que se torna difícil até para um exímio violonista aprender. Mas ele, Pachelly, na sua simplicidade, nem se considera um violonista, diz que apenas se utiliza desse instrumento para as suas "experiências".

Composição - Essa é a palavra. Seja na música, seja na fotografia, Pachelly Jamacaru é um grande artista do Crato. Não meramente um poeta, não meramente um autor de melodias, mas de harmonias marcantes, profundas, que apenas, como diria o Tom Jobim, "só privilegiados tem ouvidos" capazes de ouvir e compreender.

Quem quiser conhecer mais os trabalhos do artista, visite-o em seu website oficial:

http://pachellyjamacaru.blogspot.com/


Por: Dihelson Mendonça

Um comentário:

  1. muito emocionada com sua postagem, é sabido o qt sou fã de pachelly, postei comentário sobre ele,um dos grandes nomes! Obrigada Dihelson!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...