sábado, 30 de outubro de 2010

PARA OS INTELECTUAIS CRATENSES: POR:Janinha

O Crato está fervendo com vários eventos culturais paralelos ao Festival Cariri da Canção, no anfiteatro da RFFSA acontece a primeira Mostra de Música Instrumental, reivindicação antiga da sociedade, temos grandes nomes nessa área e não tínhamos o espaço.
Ontem tivemos a Orquestra de Campos Sales, a Banda de Música do Crato, e o trio de Ibertson Nobre: Demontiê Delamone, João Neto, foi emocionante!
O público compareceu, mas o que não entendo é a ausência dos "intelectuais" cratenses,  estou cansada de ver  pessoas influentes da música, que dariam respaldo a qualquer  movimento musical com a presença se negando a prestigiar os eventos culturais, fazem isso apenas uns pelos outros, formando assim uma "panelinha"  impenetrável  e boçal.
Acredito ser compromisso de todo músico já com história  passar informações à nova geração, influenciar, artista tem que ter alma de artista e não de burocrata!
Aos meus ídolos da música: Vamos sair da acomodação e perceber o novo mercado da música, a nova geração do cariri, tenham humildade, respeito, sejam acessíveis ou não critiquem mais!

I Mostra Instrumental: Por: Wilson Bernardo

MOSTRA INSTRUMENTAL...Mais uma vez a secretaria de cultura do município do Crato,concebe aos bons ouvidos,uma música de qualidade e de refinados acordes,por mãos de senhores mágicos do som do cariri encantado.Bela iniciativa que só vem a confirmar o chapadão de talentos que o Crato e o cariri como um todo aflora,como flores de piqui,a substância emanada dos deuses tribais,o que temos de melhor em música instrumental.A banda de música do Crato,tocando o refinado Tom Jobim,Orquestra Municipal de Campos Sales,e o sertão do Araripe em acordes dos anos sessenta e pra finalizar a noite um trio de peso,já bastante conhecido pela versatilidade Blues Mem Band,os adoráveis Ibbertson Nobre e trio,impecáveis construtores de sons.
Banda de Música do Crato,encanta a todos
e a regência do seu maestro,comandando o fino da bossa
Orquestra Municipal de Campos Sales
mostrando a que veio e de que o sertão
pulsa a boa música de qualidade
Ibbertson Nobre e Trio maravilhoso
Concentração total,de um orgasmo de sons contagiantes
O poder de sentir o prazer do fino toque jazzistico
E a pureza do encantamento da floresta,recaindo sobre os homens o virtuosismo da Música
Wilson Bernardo(Texto & Fotografia

SOMENTE HOJE - Sábado dia 30 de Outubro - CONCERTO de PIANO - Dihelson Mendonça - O Dom da Música - Anfiteatro da RFFSA - Crato - CE



http://1.bp.blogspot.com/_WY3qKeZY6L0/TMeMKYVu3BI/AAAAAAAATac/SM0mYpbo6dE/s1600/o+dom+da+musica+2.jpg


Conto com a sua presença!

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Mestre Noza, conheçam essa riqueza do nosso Cariri!

HISTÓRIA

Mestre Noza
Em junho de 1983 foi realizado na FUNARTE – Fundação Nacional de Arte, o Encontro Produção de Artesanato Popular e Identidade Cultural por iniciativa do INF - Instituto Nacional de Folclore. Desse Encontro, que reuniu representantes de órgãos da Secretaria de Cultura do MEC, emanou a recomendação de que fosse efetuado pelo INF um Projeto-piloto na área de apoio ao artesão.
A sede da Associação dos Artesãos de Juazeiro do Norte pertencia à Polícia Militar do Ceará. O prédio estava abandonado e através de um projeto do então Secretário Municipal da Cultura, professor e artesão Abraão Batista, foi recuperado, reformado, e criado o Centro de Cultura Popular Mestre Noza.
A linha de pensamento e ação do INF situou o artesão dentro de uma conceituação ampla e abrangente de cultura, entendida como todo sistema interdependente de atividades humanas na sua dinâmica.
Foram selecionados para o Projeto-piloto dois municípios economicamente, geograficamente e culturalmente muito diversos entre si, porém, com pontos em comum essenciais: a preocupação com a produção artesanal como elemento crucial para a sobrevivência econômica e cultural do Município e o fato da solicitação de apoio emanar diretamente dos Municípios em questão, que foram: Juazeiro do Norte, Ceará, e Parati, Rio de Janeiro.
Foi criada então a Associação dos Artesãos de Juazeiro do Norte, entidade representativa dos artesãos da cidade para tratar da aquisição e distribuição da matéria prima e gerenciar as vendas diretas da produção artesanal, que são expostas e comercializadas no Centro Cultural Popular Mestre Noza.

Atrativos

O principal ponto de visitação da cidade é a Colina do Horto, onde está à estátua do Padre Cícero, medindo 25 metros de altura, o Museu Vivo da Cultura popular Nordestina, o Santo Sepulcro, a Muralha da Guerra de XIV e a Via Sacra. O Santuário do Coração de Jesus, a Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores e a Capela Nossa Senha do Perpétuo Socorro são outros pontos turísticos visitados pelos peregrinos. O Memorial do Padre Cícero abriga um acervo de fotos e objetos relativos à vida do padre.
Juazeiro do Norte também é um importante pólo agropecuário, calçadista e de artigos folheados a ouro. A economia proporciona a realização de eventos de grande porte para a região, como a Feira de Tecnologia e Calçados do Cariri e a Feira de Negócios do Cariri.
A efervescência cultural é outro atrativo turístico que os visitantes prestigiam em Juazeiro do Norte. Reisado, Lapinha, Maneiro-Pau, bandas cabaçais, Bumba-meu-boi e diversas danças são exemplos de manifestações populares na cidade. Na culinária, destaque para o baião-de-dois com piqui, queijo da terra e carne de sol com macaxeira.

Juazeiro do Norte, Ceará

Tendo como fator mais significativo na definição sócio-econômica da cidade, o fenômeno Padre Cícero. Em 1889, através de um milagre que envolvia o patriarca e a beata Maria de Araújo, afluíram para a região milhares de romeiros de todo o Brasil. Além do natural incremento na agricultura e comércio, parte dos romeiros foi incentivada por Ele a desenvolver trabalhos artesanais, transformando essa atividade numa das principais fontes de renda da região.
A atração de populações tornou o Ceará Cariri lugar de encontros culturais, junção de diferenças e troca de saberes, expressando uma rica diversidade cultural.
Além de seus habitantes, milhares de fiéis de vários estados nordestinos visitam Juazeiro do Norte para participar das festividades que têm como personagem principal Padre Cícero, considerado Santo por seus devotos.
Anualmente, em pelo menos quatro ocasiões, Juazeiro do Norte torna-se o centro da religiosidade popular no Estado: 24 de março (data de nascimento de Padre Cícero); 20 de julho (falecimento de Padre Cícero); primeira quinzena de setembro (Festa da Padroeira Nossa Senhora das Dores); e 2 de novembro (Dia dos Finados).

Cultura Viva

O Projeto Cultura Viva dos Artesãos do Mestre Noza vem consolidar parcerias, dinamizar o Centro de Cultura Popular Mestre Noza, fortalecer, equipar a Associação dos Artesãos de Juazeiro do Norte para o desenvolvimento das atividades das várias manifestações culturais. As programações com os alunos da rede pública de ensino fundamental e médio, bem como com entidades e grupos de assistência a idosos e crianças, apresentações de grupos da tradição oral, enfim, toda a mobilização proporcionará a perpetuação da cultura e sustentabilidade ao artesanato, ao folclore, desenvolvimento artístico, renda familiar, inclusão social, e qualidade de vida para mais de duas centenas de artistas de tamanha importância no âmbito regional, estadual, e, inseridos neste contexto, das várias regiões do país e do mundo, alcançadas por nossa tradição cultural.

OBJETIVO

Preservar e divulgar a cultura, o folclore, as tradições e a ecologia. Estimular e formar público apreciador e consumidor de arte popular, folclore, e artesanato. Gerar perspectivas positivas, a partir da formação de público, para o aumento do volume de negócios realizados pelos Artesãos, garantindo renda e atividade sustentável à maior comunidade artesanal do Nordeste. Fomentar o turismo, o estudo, a pesquisa, a educação. Incluir, contextualizar o artesão no processo de formação sociocultural produtivo cearense para o Brasil, e para o Mundo. Dar continuidade à tradição e à cultura.

Justificativa

Há vinte e cinco anos atuando e encontrando limitações de ordem técnica e financeira para o desenvolvimento e o incremento de sua atividade, com a responsabilidade de efetivar ações que viabilizem o crescimento, proporcionem ânimo para cultivar e propagar a cultura artesanal e a atividade artística para tão importante trabalho desenvolvido no Centro Mestre Noza, em Juazeiro, concorrer a Ponto de Cultura. Elaborou-se projeto a partir das atividades já desenvolvidas atualmente, buscando a revitalização daquelas que atravessam dificuldades, ou foram suprimidas ao decorrer dos anos. A Associação dos Artesãos do Centro de Cultura Popular Mestre Noza vem garantir à cultura e ao folclore nordestino arraigado na Região do Cariri, sua maior participação no processo produtivo, sua inclusão, apresentação e divulgação ao público, e conscientização ecológica, gerando uma dinâmica capaz de possibilitar desenvolvimento sustentável.
É objetivo do Governo do Estado do Ceará a implementação de ações para o desenvolvimento e a sustentabilidade. O artesanato, dentre tantas atividades artísticas, sempre foi uma das principais fontes geradoras de renda familiar na Região do Cariri e, principalmente, na cidade de Juazeiro do Norte. O apoio, a captação de recursos, o investimento neste setor da economia, o incremento da mão de obra, a participação da comunidade, da Escola, do público consumidor de arte popular, faz-se imprescindível para seu progresso, e para a continuidade de uma tradição que encanta visitantes e estudiosos de tantas partes do Brasil e do mundo.

Centro de Cultura Popular Mestre Noza

Trabalhos em madeira, argila, couro, zinco, Literatura de Cordel, Brinquedos feitos de flandes, xilogravura, inst. Musicais. Mestre Noza foi o primeiro escultor em madeira de xilogravura.

Artesanatos de várias tipologias, como entalhos em madeira, xilogravura, artesanato em barro, couro e latão.
Tipo:Artesanal
Responsável:Hamurabi Bezerra Batista
Endereço:Rua São Luiz nº 95 – Antigo Quartel
Telefones:(88) 3511.3133 / 9926.9357
Horário de atendimento:08h às 18h (segunda a sexta) / 08h às 14h (sábado)
Email:mestrenoza@gmail.com
Site:www.pontodeculturamestrenoza.blogspot.com

I ENCONTRO DE EDUCAÇÃO MUSICAL DO CARIRI: Por: Janinha

ATENÇÃO,

EM NOVEMBRO (22 A 24) SERÁ REALIZADO O I ENCONTRO DE EDUCAÇÃO MUSICAL  DO CARIRI, PROMOVIDO PELO DO CURSO DE MÚSICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ -  CAMPUS CARIRI.
AS INSCRIÇÕES ESTARÃO ABERTAS A PARTIR DO DIA 03/11 NA SECRETARIA DO CURSO DE MÚSICA DO CAMPUS CARIRI, DA UFC.
NA PROGRAMAÇÃO ACONTECERÃO OFICINAS, MESAS REDONDAS, PALESTRAS, APRESENTAÇÕES MUSICAIS.

PARA MAIS INFORMAÇÕES: (88)35727231 OU
CONFIRA A PROGRAMAÇÃO PELO SITE:

Robson Almeida
Curso de Musica - Licenciatura
Universidade Federal do Ceará - UFC - Campus Cariri


Notícias Cariri Cangaço!

O Cariri Cangaço e o Grupo de Estudos do Cangaço do Ceará - GECC, fecharam nesta última semana mais uma grande parceria de sucesso. A partir de agora o Cariri Cangaço e GECC estarão promovendo seus encontros mensais em um dos espaços  mais privilegiados do Brasil. Deste monento em diante as Livrarias Saraiva - MegaStore,  também são parceiras do Cariri Cangaço.
Na semana que passou, Aderbal Nogueira, Ângelo Osmiro e Manoel Severo, representantes do Cariri Cangaço e do GECC, estiveram reunidos com a Gerente de Comunicação da Saraiva MegaStore, Maíra Araujo,  na oportunidade foi fechada a parceria para já a partir do mês de novembro as reuniões Cariri Cangaço/GECC em Fortaleza, se realizarem no Espaço Rachel de Queiroz, na Saraiva MegaStore do  Shopping Iguatemi Fortaleza.
Saraiva MegaStore e o Espaço Rachel de Queiroz: novo endereço Cariri Cangaço - GECC

Para Aderbal Nogueira, sócio da SBEC, membro do GECC e conselheiro do Cariri Cangaço,"temos certeza que essa parceria tem  a marca do sucesso, e sabemos que estaremos ao lado da Saraiva promovendo encontros cada vez mais qualificados que em muito engradeceram o estudo e pesquisa da temática."
Para Âgelo Osmiro, ex-presidente e sócio da SBEC, "o momento é de extrema importancia, é mais uma conquista a ser festejada, os estudiosos sérios, comprometidos com a história do nordeste, terão mais um espaço para divulgar seu trabalho"; já Manoel Severo, membro do conselho consultivo da SBEC e Curador do Cariri Cangaço, "sem dúvidas é uma conquista que deve ser comemorada, aqui teremos eventos de qualidade todos os meses, palestras, debates, apresentação de vídeos, trabalhos acadêmicos, mostra de fotografias, enfim, com certeza ter um dos maiores grupos do Brasil, como a Saraiva, ao nosso lado, é uma grande honra".
As reuniões do GECC - Cariri Cangaço acontecem mensalmente e abordam temas como o Cangaço, Messianismo, Beatos, Coronéis, dentre outros; o primeiro encontro já está marcado para dia 08 de novembro, segunda-feira, no Espaço Rachel de Queiroz, na Saraiva MegaStore do  Shopping Iguatemi Fortaleza a partir das 19 horas com a Conferencia de Inauguração da parceria, com o professor doutor Renato Cassimiro e o Tema: Padre Cícero e o Cangaço de Virgulino Ferreira.

TUDO SOBRE A NOVA PARCERIA CARIRI CANGAÇO  e as PRINCIPAIS NOVIDADES SOBRE A TEMÁTICA VOCÊ ACOMPANHA AQUI, NA RESVISTA ELETRONICA DA FAMÍLIA CARIRI CANGAÇO:
cariricangaco.com

Produção Cariri Cangaço
.
.

Dihelson Mendonça brilhará na Mostra de Música Instrumental no anfiteatro da RFFSA!

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Mostra Instrumental:

19h  - Banda de Música Municipal do Crato
19h50 - Orquestra Municipal de Campos Sales
20h40 - Ibbertson Nobre e Trio
 
Dia 30
19h - Dihelson Mendonça
19h50 - Di Freitas
20h40 - Orquestra da Sociedade Lírica do Belmonte


--
Festival Cariri da Canção
http://www.cariridacancao.com/

Twitter: @cariridacancao
Facebook: culturacrato

blog:http://culturacrato.blogspot.com


Esse é mais um evento paralelo ao Festival Cariri da Canção, com uma promoção da Prefeitura Municipal do Crato em parceria com a Secretaria da Cultura, Esporte e Juventude, após o sucesso do projeto: Num Canto em Crato Canto, onde a música foi mostrada em vários bairros da cidade, teremos agora a música instrumental, no Anfiteatro do Centro Cultural do Araripe, grandes nomes da nossa música farão apresentações gratuitas, prestigiem!

Maratona Musical! Por: Wilson Bernardo

Surpreendente os inúmeros talentos escondidos em gavetas de garagens, bandas completamente dessimilares uma das outras. Estilos e concepções musicais completamente próprias. Sábado e nesse Domingo, as praças principais do centro do Crato, Siqueira Campos e praça da Sé, foram palco da nova música alternativa do Cariri. O Crato promovido pela Pref.Municipal através da Secretaria de Cultura, está de parabéns, por dar oportunidades a que bandas talentosas mostrem a diversidade do Cariri encantado, que são os remanescentes deuses da chapada dos sons místicos.

Essa ferazinha ai,é o grande sucesso da maratona musical,além de dançar muito é filho da produtora musical Janinha.
Eliza Moura,a suave voz dos encantares cantos da floresta

Eliza e o violão de Ueber,parceria que se forma promissora

Liberdade e Raiz,o Afro-Cariri

Olha a ferinha ai de novo,fazendo o publico bailar de inveja.


Wilson Bernardo (Texto & Fotografia)
Bernardo, obrigada pelo registro fotográfico de Yruan, meu filho...ele é de fato ujm artista, um presente que Deus deu a mim e ao pai dele!
Obrigada!
Lembrando que o projeto Num Canto em Crato Canto teve a produção de Paulinho Fuísca e Sâmia Alencar!

Maratona Musical: Num canto em Crato canto: Por: Wilson Bernardo

Chegou ao fim a maratona de música na periferia e principais praças da cidade do Crato,ontem a noite terça-feira,na pracinha da nova escadaria,de acesso ao seminário,a música e os sentimentos dos portadadores de deficiências especiais,marcou e emocionou a todos que prestigiaram.Senhoras e crianças,encantadas com a qualidade da música e a superação individual de cada integrante da APAE.Uns dos pontos cruciais,se deu por conta da banda musical mirim,que consolidou a perpetuação da banda de musica principal,garantindo ai um longo e promissor futuro,para uma das bandas mais antigas e importante para o Crato e o Estado do Ceará.
Rondinele Bernardo,Trombonista da Banda Municipal Mirim,sobrinho de Wilson Bernardo
O Futuro da Banda Municipal,nas mãos de adolescentes promissores
A criançada empolgada,com a fantasia da música com vários seguimentos da cultura Afro-Cariri APAE provou que tudo é possivel
Gurizada encantada com tanta desenvoltura dos deficientes EFICIENTES portadores de dons especiais.
APAE e os tambores encantados,grupo que resgata a negritude brasileira
Senhoras,com a certeza de que o mundo pode ser bem melhor.
Wilson Bernardo(Texto & Fotografia)
*O projeto Num Canto em Crato Canto esteve nas praças e bairros de toda a cidade do Crato, na intenção de criar um cenário musical e dando oportunidade da nova geração da música e também artistas já consagrados de se apresentarem mostrando seus trabalhos e formando plateias, esse foi um evento paralelo ao Festival Cariri da Canção que terá sua fase Nacional nos dias 4, 5 e 6 de Novembro no Centro Cultural do Araripe, RFFSA, obrigada à todos que prestigiaram mais uma promoção da Prefeitura Municipal do Crato em parceria com a Secretaria da Cultura, Esporte e Juventude.
Janinha Brito.

CRATO - Novamente, a Capital da Cultura Caririense ! Por: Dihelson Mendonça


Uma cidade que cada vez mais, respira Arte, Cultura e é reconhecida no Brasil


Crato - Ceará - Festival da Canção - original - 4033508027

Acreditar em nossos valores, investir na cultura popular e nas tradições:

Img_6228 - original

Uma cidade que até pouco tempo, vivia de memórias, e hoje vê grandes realizações

Dsc03661 - original

Festas Populares...

Crato - São João Festeiro - original - 3638482020

Intercâmbios culturais...

Crato - São João Festeiro - original - 3638485082



Crato - Praça da Sé - Por Dihelson Mendonça - original

Valorizando os Artistas Regionais

DSC_0127 copy 600

Dando-lhes Espaços e Prêmios! - Assim se valorizam os Artistas...

DSC_0037 copy 600

Apoiando iniciativas...

Img_9609 - 600




Nas tradições, na história do nosso povo...

Image8 - original - 3848178198

Nas tendências artísticas dos nossos jovens...

DSC_0036 copy 600


Apoiando eventos que ressaltam as datas comemorativas do município


Crato - São João Festeiro - original - 3637667387


IMG_8151 - original


Crato - Ceará - Festival da Canção - original - 4034261872

O Nosso quartel-General da Cultura, O Centro Cultural do Araripe:

Centro Cultural do Araripe - Dihelson Mendonça - Crato - original

Biblioteca Municipal...

IMG_3592 - original

A
través do muito que se tem feito em prol das artes e da cultura nos últimos tempos, a cidade de Crato, no Ceará, volta a ocupar o espaço que antes possuía, e se consolidar definitivamente como a capital da cultura regional. Os grandes investimentos dos últimos anos direcionados em resgatar eventos que já haviam desaparecidos do mapa, e apenas lembrados pela memória coletiva, como os festivais de Música, o Salão de Outubro, o nosso tradicional Carnaval de Rua, as datas festivas, além da valorização dos nossos artistas, seja pela abertura de inúmeros espaços culturais, seja pelo incentivo direto, comprovam este fato.

A considerar-se primeiramente que até o ano de 2003, final da gestão do prefeito anterior, Crato não dispunha mais sequer de uma secretaria de Cultura, num total processo de decadência e falência dos aparelhos culturais, não possuindo um único teatro no município, a não ser o "Rachel de Queiroz", que era da iniciativa privada, e hoje, pelo contrário, dispõe de inúmeros mecanismos criados ou concluídos na atual gestão, como o Espaço Cultural do Araripe, que reúne em suas dependências: Anfiteatro, Pinacoteca, Biblioteca, amplos espaços de manifestações culturais para a população, além do excelente Teatro Municipal Salviano Saraiva, onde toda semana acontecem eventos importantes para o município, é que cremos que finalmente, o Crato está no rumo certo das grandes cidades do país que buscam uma melhor integração ao mundo moderno, sobretudo quando se sabe que valorizar as artes e a cultura de um povo, é investir no ser humano.

Quando vemos hoje nossos jovens felizes, apresentando seus primeiros trabalhos no Festival da Canção Estudantil, e sendo estimulados e reconhecidos com premiações importantes aos vencedores; Quando assistimos ao Festival Cariri da Canção Nacional - Elogiadíssimo pelos participantes de vários estados da federação que aqui vêm desfrutar do congraçamento de culturas, da troca de conhecimentos, além do justo reconhecimento em artigos publicados em diveros sites e Jornais do País; Quando vemos a criação de uma Mostra de Música Instrumental, que tende a se transformar num Festival de Jazz do Crato, evento impensável em anos anteriores; Quando vemos o retorno dos Salões de Outubro, marcantes nos anos 70 e 80; Quando vemos o apoio dado pela secretaria de cultura do município a diversos eventos culturais da cidade, e as parcerias feitas com mecanismos tradicionais de Arte e Cultura, como o Centro Cultural Banco do Nordeste, SESC, SEBRAE, SECULT, MINC; Quando vemos a nossa Secretária de Cultura Danielle Esmeraldo em Brasília, lutando por recursos junto aos ministérios para conseguir realizar todos os eventos, é que chegamos à conclusão que nunca se fez tanto pelas Artes e pela Cultura do Crato quanto nos últimos 4 anos. É verídico dizer que os eventos acontecidos nos últimos 4 anos, seja em volume e em qualidade, superam os 20 anos anteriores.

De modo que nós, enquanto artistas Cratenses, nos sentimos muito felizes em ver nossa cidade se desenvolvendo. Em vermos no dia-a-dia, no corpo-a-corpo, que temos uma secretaria de Cultura que realmente funciona e que faz jus à Crato - Capital da Cultura. Uma secretaria que hoje é elogiadíssima nos 4 cantos desse país pelos artistas que aqui vem se apresentar cada vez mais, trazendo um pouco do Brasil para o Crato, e levando um pouco do Crato para o resto do Brasil.

Há muito o que se investir ainda em Arte e Cultura, decerto, mas vendo sob uma retrospectiva, muito avançamos nos últimos tempos. Quem mora no Crato e acompanha como nós a luta incansável das pessoas ligadas às artes, em tentar cumprir a meta de um calendário cultural anual que já se dispõe no município, há de reconhecer esse trabalho. E é por uma questão até de justiça que devemos louvar e ressaltar aqui, o reconhecimento que a Secretaria Danielle Esmeraldo vem obtendo, por dedicar-se a uma causa tanto nobre quanto difícil, que é realizar em 4 anos aquilo que não se fez em 20 anos anteriores, e sobretudo, garantir que os princípios que norteiam o Crato rumo a um futuro de desenvolvimento regional seja consolidado para as gerações futuras. As centenas de artistas envolvidos em todos os projetos, e os milhares de Cratenses e Caririenses que prestigiam os eventos realizados, com certeza, estão muito satisfeitos em ver uma cidade renascer das cinzas de um passado distante e glorioso, uma cidade que até pouco tempo, vivia de memórias, e aqueles que a promovem hoje, pelo empenho e a dedicação, deixarão o nome gravado em alto relêvo nos hall dos que constróem um Crato, celeiro de artistas e de criatividade, nos céus da Arte e da Cultura brasileiras.

Parabéns à Secretária de Cultura Danielle Esmeraldo, pelo muito que se tem feito em Arte e Cultura. Parabéns também ao Prefeito Samuel Araripe, que apesar das poucas verbas do município, da imensa queda de repasses federais e estaduais, nunca deixou de acreditar que
investir em Cultura, é garantir um futuro digno para a população do Crato.

Parabéns à Secretária de Cultura do Crato, Danielle Esmeraldo, pelo muito que tem feito, pelo tempo integral de dedicação a realizar em apenas 4 anos, o que não se fez em décadas anteriores.
Texto: Dihelson Mendonça
Fotos: Dihelson mendonça, Wilson Bernardo, Cacá Araújo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...