sexta-feira, 30 de março de 2012

SEMANA SESC DE ARTES CÊNICAS SESC JUAZEIRO

Imagem inline 1


SEMANA SESC DE ARTES CÊNICAS SESC JUAZEIRO
Segunda semana com apresentações de Teatro Infantil!

Juazeiro do Norte pôde conferir três apresentações que trouxeram beleza, inventividade e conscientização. Na tarde do dia 28/03, o Grupo Armadilhas Cênicas apresentou na Escola Maria Germano o Terreiro de Histórias que resgatou a arte das histórias contadas em voz alta, com muitos gestos e entonações acentuadas e usando narrativas de escritores consagrados como Clarice Lispector e Guimarães Rosa ao lado de causos de domínio popular. Na tarde seguinte foi a vez da Companhia Anjos da Alegria e Elos de Teatro encenarem o texto super original de Xico Abreu, O Cravo e a Rosa, que imagina as dificuldades que Cravínio enfrentou para namorar a descolada Rosidelma. Fechando as apresentações na tarde de sexta-feira, Dom Poder e a Revolta da Natureza, do Grupo Expressões Humanas de Fortaleza, que com muita música e entusiasmo chamaram as crianças do Teatro Patativa do Assaré a se rebelarem contra aqueles que poluam e destruam o meio ambiente.


--

Programa Cultura SESC Cariri
(88) 3587 1065 (SESC Juazeiro)
(88) 3523 4444 (SESC Crato)

HOJE - Dihelson Mendonça é entrevistado no Programa Cariri Encantado da Rádio Educadora do Cariri

.

HOJE, Sexta-Feira, dia 30 de Março
Horário: 14:00
Rádio Educadora do Cariri
O programa pode ser ouvido pelo Blog do Crato ou qualquer site da Rede Blogs do Ceará que tenha o player da Rádio Chapada do Araripe - Ex. Cariricult, Cariricaturas, Blog do Sanharol, Beto Fernandes, etc, ou pelo site da Rádio Educadora:

www.radioeducadoradocariri.com

quinta-feira, 29 de março de 2012

Mombojó em Juazeiro!!!!!!!!!

Sexta Feira, 30 de Março de 2012, Inauguração do JOÃO E MARIA!

Marcelo Randemarck Galvao Galvao e Janinha Brito, na inauguração do boteco João e Maria!
Quando? Sexta, dia 30 de março às 19:00h! Vamos começar a noite da sexta com muito som e cerveja?
E no sábado fim de tarde, muito samba de raiz, Cartola, Chico Buarque, Noel Rosa, etc.

Guto Bitu – Comicamente seco e poético







Se o cearense tem fama de humorista, Luiz Augusto Bitu não fica de fora dessa afirmação. Uma poesia nas estirpes marginal e bem humorada é uma das características desse poeta. Guto Bitu, esculpi, modela, desenha, pinta e escreve e diz que sua obra é “cercada do comportamento cearense, se divertir é básico pra mim, então isso se reflete no que eu faço. Já o urbanismo está em mim como as seqüelas de uma tuberculose, não posso retirar esse universo depois de ter passado tanto tempo inserido nessa fria realidade”.







Alexandre Lucas - Quem é Guto Bitu?



Guto Bitu - Luiz Augusto Bitu
É um tabuleiro sem peça
É um cheque mate as avessa
Na faculdade mental
É o cão soprando cal
Nas vistas de quem é cego
É o prego que entorta
Quando entra na parede
É um balanço de rede
É um rangido de porta
É uma folha que corta
A água que mata a sede
Luiz Augusto Bitu 10/11/09



Alexandre Lucas - Quando teve inicio seu trabalho artístico?



Guto Bitu -Tento sobreviver de arte desde adolescente, mas faço arte e sou artista desde criança. Tive meus primeiros contatos reais com mundo profissional na arte depois da maior idade e após isso foi só encarar a coisa como minha própria vida e não uma mera profissão. Não gosto da palavra trabalho me cheira a algo maquinado, um esforço em vão para pessoas que não o merecem. Arte não é isso.



Alexandre Lucas - Quais as influências do seu trabalho?



Guto Bitu - Minha arte tem como maior influencia eu mesmo, já pensei muito sobre isso, sei que tem muita gente, cada um com a sua informação, para somar na minha arte, mas quem equilibra estas informações sou eu, aí é a diferença do verdadeiro artista (pessoa que leva a arte com profundidade) e aqueles que só copiam o que lhes inspira.



Alexandre Lucas – Fale da sua trajetória:



Guto Bitu - Minha trajetória é algo que ainda começa, apesar de estar inserido no mundo da arte desde criança, mas para mim está apenas se iniciando e como todo início tem pouca coisa pra falar e muito mais a se observar. É por isso que insisto sempre em algo tão rebuscado para me expressar.



Alexandre Lucas - Como você ver a relação entre arte e política?



Guto Bitu - Tenho medo de falar sobre política, pois não a vivemos na real e sim a politicagem, então nesse assunto estou fora, isso me parece mais com time de futebol. Sou um crítico social e comportamental esses universo só me serve como matéria prima e não como medida.
Não gosto nem de botar arte perto de política que é para não sujar a arte.



Alexandre Lucas - Você é um artista com forte preocupação ambiental?



Guto Bitu - Sempre fui e sempre serei.



Alexandre Lucas - Quais os trabalhos que você já fez neste sentido?



Guto Bitu - Tudo. Sempre tenho como preocupação a natureza que estou inserida.



Alexandre Lucas - Como surgiu a poesia na sua vida?



Guto Bitu - Como um desafio, de repente, embolada, martelando, galopando a beira mar. Via a poesia como iluminação, como dom e eu que era um reles mal aluno, não teria essa iluminação divina. Até o dia que me disseram: duvido que tu faças, fiz e tirei o primeiro e o terceiro lugar com as minhas respectivas primeira e segunda poesias escritas, com esse incentivo nunca mais parei, tenho necessidade de escrever, detesto ler, sei que é meio egoísta, contudo poesia é minha terapia e se tenho público é por que eles tem identificação com minhas inquietações.




Alexandre Lucas - Qual a importância de você ser membro da Academia dos Cordelistas do Crato?



Guto Bitu - A Academia pra mim é algo nostálgico, me faz lembrar mestre Elói, meu primeiro grande incentivador na poesia. Tento permanecer lá, apesar de minha vida irregular e cigana, com a missão, que a maioria lá abraçou: prosseguir com sonho de seu Elói e não deixar a nossa querida literatura de cordel morrer.



Alexandre Lucas - O humor e a urbanidade é uma das características do seu trabalho?



Guto Bitu - Acho que refletimos nossas realidades. Apesar de achar que no trabalho não exista humor, nem quando se é palhaço. Vejo minha obra cercada do comportamento cearense, se divertir é básico pra mim, então isso se reflete no que eu faço. Já o urbanismo está em mim como as seqüelas de uma tuberculose, não posso retirar esse universo depois de ter passado tanto tempo inserido nessa fria realidade.



Alexandre Lucas - Qual a contribuição social do seu trabalho?



Guto Bitu - Essa só vou poder responder se você substituir essa palavra trabalho, creio eu que queira dizer obra e isso só vou poder responder 30 anos depois de morrer.



Alexandre Lucas – Quais os seus próximos trabalhos?



Guto Bitu - Nenhum se tudo der certo, sombra e água fresca. Trabalho é pra escravo eu já me alforriei.

Ótima dica!

 dia 29 de março, hoje, no CCBNB Cariri.
Dudé Casado e Banda, às 19h30


terça-feira, 27 de março de 2012

DIA MUNDIAL DO TEATRO - DIA NACIONAL DO CIRCO

Projeto Rock Cordel!

Teatro Cariri!

IV Concurso de Contos no SESC Crato tem inscrições abertas

Desde o último dia 15 de março encontram-se abertas as inscrições para o IV Concurso de Contos no SESC Crato.

Apesar da realização ser de uma unidade do Serviço Social do Comércio no Ceará, ela se estende a autores de todo o teritório cearense. Os interessados deverão enviar suas produções até o dia 15 de maio, gratuitamente, para o e-mail: concursodecontos@sesc-ce.com.br.

Serão premiadosos 10 melhores textos selecionados para publicação. Os textos serão selecionados a partir do dia 16 de julho e a premiação e o lançamento do livro, que reúne os melhores trabalhos, estão previstos para o mês de outubro, no SESC Crato. Os autores dos contos selecionados receberão 15 exemplares da publicação. Maiores informações pelo telefone [088] 3523-4444.

* Com informações do SESC-CE ( Yuri Guedes - Colaborador )
Fonte: www.blogdocrato.com

Huberto Cabral. Por Emerson Monteiro

Desde que me entendo de gente que, atento, observo a participação constante de Huberto Cabral nas movimentações sociais, culturais e patrióticas do Crato. Possuidor de um civismo a toda prova, Cabral faz do rádio sua praia de predileção, sem, no entanto, esquecer permanências pelos jornais, revistas, livros, cerimônias coletivas, etc. Organiza com maestria eventos públicos, dentro da absoluta correção. Incentiva e participa de reuniões destinadas aos interesses da municipalidade, em todos os âmbitos possíveis e imagináveis, sempre visando ampliação dos recursos progressistas e abertura das vias de transformação comunitária. Presta homenagens a personalidades destacadas do lugar e evidencia datas memoráveis deste núcleo urbano. Recebe visitantes ilustres, orienta pesquisas de estudiosos, repassa informações do seu rico acervo e de suas vivências; enfim, um homem talhado a preservar valores históricos e a memória social do Crato e de todo o Cariri como raros outros. Alimenta um acervo de gama incalculável no que tange aos dados relativos a esta parte de mundo e é considerado por muitos um testemunho vivo dos acontecimentos principais caririenses desde o início da segunda metade do século que passou.

Huberto Cabral. Fonte da FOTO:http://odemocrato.blogspot.com.br/2007_11_19_archive.html


Nas minhas primeiras incursões a eventos públicos, recém chegado ao Crato, avistava a presença de Huberto Cabral, o que se seguiu todo tempo até hoje. Radialista emérito, lançado ainda nos primórdios da radiofonia caririense, nas primitivas amplificadoras, associa-se à evolução desse meio de comunicação, exercendo funções de liderança em programas esportivos, noticiosos, reportagens inolvidáveis e solenidades importantes para o desenvolvimento econômico regional. Assessor do Executivo cratense em repetidas administrações, vem, à frente da sua época, convocando os cidadãos a segui-lo na altiva caminhada que exercita como rotina de existência. Nas campanhas fundamentais para a construção do Cariri nos moldes contemporâneos, ali está Huberto Cabral; desde a vinda triunfal da energia de Paulo Afonso à instalação definitiva da Universidade Regional do Cariri, por exemplo. Lembro das suas participações nas transmissões radiofônicas dos jogos do antigo campo do Sport, através da Rádio Educadora; depois, na quadra Bicentenário, em noites esportivas magnânimas; vejo suas ações audaciosas e vanguardeiras na cobertura jornalística da visita do presidente Castelo Branco, aos idos de 1964; sua determinação para, juntos, continuarmos a publicação do jornal A Ação, também na década de 60; suas providências na continuidade do Instituto Cultural do Cariri, inclusive na construção da sede própria; seu denodo para trazer valiosas instituições que ora estabelecem as características da nossa Região, em todo tempo de sua história; seu ativismo nas manutenções benfazejas desta civilização caririense, sendo ele também um descendente direto dos primeiros colonizadores aqui instados nas primeiras expedições.
O acendrado zelo que Huberto Cabral manifesta na profícua missão de ativador social ultrapassa as raias da paixão, digo sem arriscar uso de termos excessivos, porquanto os resultados das suas atitudes falam dos frutos essenciais no que desempenha e promove ao ímpeto do seu amor vocacional às nossas queridas tradições.
URL curta: http://www.crato.org/chapadadoararipe/?p=31956
Fonte:http://www.crato.org/chapadadoararipe/2011/01/23/huberto-cabral-por-emerson-monteiro/

Chorinho no Cantinho Pimenta!


A partir de  31 de março de 2012 os ouvintes da boa música terão acesso à um fim de tarde com chorinho no Cantinho do pimenta, barzinho localizado no bairro Pimenta, por trás do Crato Tênis Clube, grandes nomes da música darão charme aos nossos sábados, esse projeto idealizado pelos administradores do espaço: Osvaldo Marano e Valdênia Marano pretende também se expandir para um roda de samba de raiz também aos fins de tarde do sábado, aumentando com bom gosto o leque de opções culturais da nossa região!
Prestigiemos a boa música e as boas iniciativas!

Festa da Mentira!

II Encontro da ONG Beatos!

segunda-feira, 26 de março de 2012

Beatos!

Inauguração do Boteco: João e Maria!

Pra quem estava curioso pra saber onde será, quando será a inauguração, e o que é o JOÃO E MARIA, o mistério acabou: é o mais novo "boteco" da região! Administrado pelo nosso amigo Sangielo Cruz, no antigo "cancela", o boteco vai resgatar o samba de raiz, a música da época do vinil e tudo que a galera boêmia sentia falta! JOÃO E MARIA terá sua inauguração oficial nesta sexta feira 30 de março de 2012, a partir das 19:00h, inicio da noite com muito samba de raiz, com o GRUPO: SAMBA DE MINUTO: Formado por Janinha Brito, Cidinho, Savio, Rodrigo Moura, Herlim Herlon Alves!


Dias 28 e 29 de abril de 2012 o SESC Juazeiro realiza o "Sertão OTAKU"

O Sertão OTAKU[1] é um evento voltado às novas tendências da cultura pop internacional, ou seja, tem como principal foco animes, mangás, HQ’s, tecnologia, videogames, filmes etc.
Desde 2009, o SESC Juazeiro vem oportunizando ao público em geral, ações voltadas às novas tendências da cultura pop mundial, onde os diversos campos das artes se relacionam numa atmosfera lúdica sem fronteiras, gerando diálogos entre mundos “aparentemente” bem distantes, como o mangá Japonês e o cordel nordestino.


O incentivo a leitura também é uma das grandes preocupações dentro desse projeto, que pela primeira vez publicará um Mangá (História em quadrinhos no estilo japonês) falando sobre a fundação da cidade de Juazeiro. O referido mangá foi feito por adolescentes juazeirenses que viram nessa forma de expressão, uma maneira diferente de contar a história da sua cidade. 


[1] A palavra otaku é um termo usado no Japão para designar um fã por um determinado assunto, qualquer que seja. No ocidente, a palavra começou a ser utilizada como uma gíria para rotular fãs de animes e mangás em geral, mas que agora também incorpora diversas manifestações da cultura Pop mundial como um todo.

Nossas belezas "Naturais":

Músicos Talentosos, generosos e belos do nosso Cariri, em uma pequena pesquisa feita com o público feminino selecionamos alguns dos mais bonitos músicos e artistas do Cariri, nossa região é rica em talento e beleza, nem todos que foram citados constam aqui, mas a lista continua, em breve a segunda parte!
 
Alexandre "Xamex"


Aquiles Salles

Dudé Casado
Daniel Peixoto

Geraldo Junior
Beto Lemos


Rodrigo Moura
Ranier Oliveira




Pantera Monteiro




Anderson Almeida

Programação Musical Overdoze

Em nome da ONG Beatos convido todos os artistas e amantes da cultura, música, poesia, cultura popular, para o Segundo Encontro na ONG, no dia 1 de abril de 2012, à partir das 14:00h, na ocasião o músico Dudé Casado falará sobre sua trajetória musical, comidas típicas, bazar e encontro musical de vários nomes da música regional! Todos estão convidados!

sábado, 24 de março de 2012

3º Dia da Semana SESC de Artes Cênicas - Juazeiro

Imagem inline 2
CÁRCERE: “LIBERDADE AINDA QUE TARDIA”
A platéia do Teatro Patativa do Assaré do SESC JUAZEIRO pôde prestigiar nesta noite de 24 de março ao depoimento de um artista sobre os caminhos da liberdade rumo ao melhor de nossos sonhos. Tem uma hora na peça que o personagem fala que todo mundo sonha em ser alguma coisa no futuro, mas que ninguém sonha em um dia ser presidiário. E tem outro momento que ele conta uma piada onde um desesperado se joga do 20° andar e que quando chega, em queda livre, ao décimo andar ele diz pra si mesmo: “Até aqui tudo bem”. Esse personagem é um pianista, preso por tráfico de drogas e que conta do tempo que passou, incentivado pelo seu tio, preparando-se para tocar piano, porque antes dele se aproximar de um piano, ele precisava estar pronto pra ele. Uma metáfora do tipo que diz: precisamos de ensaio pra ser livres ou que perdemos muito tempo nos preparando para sermos livres. Texto de Saulo Ribeiro  com intensa interpretação de Vinícius Piedade que deixou a todos, ao final, muito mais livres ou com algum gosto de liberdade na boca.

--

Programa Cultura SESC Cariri
(88) 3587 1065 (SESC Juazeiro)
(88) 3523 4444 (SESC Crato)

sexta-feira, 23 de março de 2012

2° Dia da Semana SESC de Artes Cênicas - Juazeiro

A DONZELA E O CANGACEIRO: UMA HISTÓRIADE AMOR À NATUREZA

Um público de peso prestigiou a belíssima apresentação de A Donzela e o Cangaceiro, texto rimado e Direção acertada de Cacá Araujo, com figurino e maquiagem criativas e exuberantes de Joênio Alves (que faz o Bode, sobre o qual é feita uma incrível expectativa durante a história). As expectativas, aliás, são todas confirmadas e superadas pelo talento dos atores e pela beleza poética e dramática da narrativa. Mateu e Catirina são os mestres de cerimônia que abrem o espetáculo e antecedem a aparição dos dois caçadores, Pafunço e Cafuçu e da maléfica Catrevagem. Todos os personagens encantam e convencem. O feitiço lançado pela Caipora (foto) como vingança da Natureza por todo o mal que o caçador faz à selva transforma este cordel encenado num conto de fadas que lembra A Bela Adormecida. Este é um excelente exemplo de teatro engajado na luta pela valorização da cultura popular e do meio ambiente!

Imagem inline 1

--

Programa Cultura SESC Cariri
(88) 3587 1065 (SESC Juazeiro)
(88) 3523 4444 (SESC Crato)

Abertura da Semana SESC de Artes Cênicas - Juazeiro

MENINO FOTÓGRAFO

Sons e Imagens da religiosidade popular

Como é lindo o colorido das roupas desse povo que sabe dar cor e intensidade à vida, mesmo que ao redor reine a pobreza, a violência, a miséria e a ignorância. Com velas em punho, abrem as portas do teatro e vão buscar a platéia para uma procissão que os transportará para a dimensão limítrofe entre o imaginário e a religiosidade popular do cariri cearense. Entoando cantos em uníssono, em determinado momento as vozes ganham independência e o que era um único canto, torna-se uma mixórdia. Existe muita energia e alegria durante todo o espetáculo. A Salve Rainha é recitada por eles, desconstruída e reinterpretada e ganha uma identidade tão íntima que vem seguida da Lagarta Pintada. A Semana SESC  de Artes Cênicas começou com o pé de direito!

Imagem inline 2


--

Programa Cultura SESC Cariri
(88) 3587 1065 (SESC Juazeiro)
(88) 3523 4444 (SESC Crato)

quinta-feira, 22 de março de 2012

Minha homenagem ao 22 de março - Dia Mundial da Água. Por Kaika Luiz



Embebe teu suco cristal
Por sulcos caminha teu saciar
Caminhos nunca antes servido
Ser vivo pra ser animal

Inodora antes fosse
Incolor nem sempre o é
Insípida sem doce sem sal
Isso não é normal

Líquida liquida a sede
Sólida derrete-se ao sol
Vapor húmida aquoso
Água retida no corpo

Tens cheiro de vida
Cor de alegria
Sabor de gozo
Tens sons maestria

Escassa provoca sede
Excessos invoca socorro
Anseia ser natural
Correr seu mundo normal

Nuvens anunciam sua vinda
Trovões gritam sua vida
Relâmpagos acendem seu facho
Pra o mundo vir em riachos

Convite, Mostra SESC Cariri de Cultura!

HOJE TEM O POETA PEDRO BANDEIRA

HOJE TEM O POETA PEDRO BANDEIRA NO LANÇAMENTO DO LIVRO O POETA PEDRO BANDEIRA MOSTRA JUAZEIRO AO MUNDO.


LOCAL: MEMORIAL PADRE CÍCERO
DATA: 22/03/2012 HORA: 19:00

VENHA OUVIR, PESQUISAR, CONHECER E SABER MAIS SOBRE PEDRO BANDEIRA, ELE ESTARÁ PRESENTE NESTE LANÇAMENTO COMPARTILHANDO CONOSCO UMA VASTA EXPERIÊNCIA DA POESIA POPULAR,UM MESTRE QUE TEVE CRÍTICA DE CARLOS DRUMMOND, DE ANDRADE; PARCEIRO COMO LUIZ GONZAGA E APROVAÇÃO DO PAPA JOÃO PAULO II.

PEDRO BANDEIRA DO JUAZEIRO DO NORTE É UMA LENDA VIVA DA CULTURA POPULAR

1° Mostra de Poesias Abril para a Leitura Edição Fernandes Nogueira




REGULAMENTO

1° O CCBNB Cariri ao propor a realização da 1° Mostra de Poesias Abril para a Leitura lança na Região do Cariri uma vitrine literária onde a produção poética ganha espaço e divulgação; são muitos artistas engajados numa substancial cultura da poesia e com raríssimos meios de divulgação e publicação. O CCBNB Cariri pretende aproximar essa produção literária do público tornando possível a publicação de um opúsculo que será distribuído gratuitamente, e ainda reunindo em evento poetas, pensadores e público para apreciar poesia e debater sobre os caminhos possíveis para o desenvolvimento da literatura regional.

2° O CCBNB Cariri convida todos os poetas e poetizas a participarem do processo seletivo de poesias para a 1° Mostra de Poesia Abril para a Leitura - Edição Fernandes Nogueira.

3° O tema do concurso é livre, sendo aceitos todos os estilos poéticos. Poderão participar poetas residentes na Região do Cariri, de qualquer nacionalidade. Cada participante poderá enviar até dois poemas inéditos, em língua portuguesa, digitados, de no máximo 30 linhas, para o e-mail: abrilparaleiturabnb@bol.com.br ou enviar em envelope lacrado para o CCBNB Cariri, Rua São Pedro 337, Centro, CEP: 63010-010 Juazeiro do Norte até dia 16 de abril. O trabalho deverá ser enviado, constando: Nome completo do autor; e título do poema (caso tenha), endereço completo - CEP inclusive; telefone para contato - indicar DDD; e-mail e um breve currículo do autor.

4° Os poemas serão publicados em um opúsculo e passarão por critérios de seleção, os poemas serão julgados por literatos reconhecidos da comunidade poética Caririense, cuja decisão será irrevogável e irrecorrível. Serão considerados na decisão: A correção da linguagem, a beleza das imagens poéticas e/ou o conceito, assim como a originalidade com que o tema for tratado.

5° Categoria Única – Não haverá premiação em dinheiro, serão selecionados os 30 melhores poemas, cujos autores receberão certificado de participação e terão a poesia publicada em um opúsculo que será lançado nos dias 25 e 26 de abril de 2012 em evento do CCBNB Cariri. Durante o lançamento do opúsculo serão convidados os poetas selecionados (os que concordarem) para fazerem declamação de seus trabalhos, ficando livre quanto à forma da apresentação artística.

6° Esse ano de 2012 a 1° Edição faz uma homenagem póstuma ao poeta caririense Fernandes Nogueira que muito contribuiu com a produção poética da região, nos anos subsequentes serão homenageados outros nomes relevantes do cenário regional.
Pedimos a todos os participantes que ao enviarem poesias, que indiquem a intenção de comparecer ao lançamento do opúsculo nos dias 25 e 26 de abril de 2012 as 19h00 no CCBNB Cariri ou o nome de um poeta que possa representá-lo. Outras informações pelo telefone (88) 35122855 com Robério Silva. A participação implica no conhecimento e aceitação deste regulamento.

Juazeiro do Norte-Ce, 17 de março de 2012.

NATARAJAN RODRIGUES
Gerente em exército do CCBNB Cariri

Vocês sabem o que é ONG Beatos?

BASE EDUCULTURAL DE AÇÃO E TRABALHO DE ORGANIZAÇÃO SOCIAL!


A ONG BEATOS é um espaço coletivo com ações integradas voltadas aos saberes de tradição oral, a troca de ideias e à pesquisa. A BEATOS tem sua sede na cidade de Crato, no Cariri cearense, celeiro das tardições culturais do Nordeste, ao sopé da Chapada do Araripe, único Geopark das Américas reconhecido pela UNESCO. Sua missão é Primar pela transmissão das culturas e saberes da tradição oral e preservação do meio ambiente. Oferece cursos e apresentações com os mestres da cultura popular assim como cursos de preservação ambiental, Projetos, oficinas, encontros, troca de saberes, ações formativas e produção cultural.



Primeiro encontro dos contadores de História


 
Mestres da Cultura e seus "causos"
 Palestra com Abidoral Jamacaru, encontro de músicos de todos os estilos em uma harmoniosa integração musical!

Abidoral Jamacaru

Dane de Jade, Idealizadora do projeto, Nicodemos "músico"

Fabricio Rocha, Banda Breculê, Mestra Zulene Galdino

Janinha Brito, José Flavio Vieira, Claudio

João do Crato

Foto: Evandro Peixoto

Janinha Brito e uma banda de grandes músicos!

Rodrigo Moura e Marcelo Randemarck, foto Janinha!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...