sexta-feira, 29 de março de 2013

SILAS MALAFAIA, O JUDAS HOMOFÓBICO!


13ª FESTA POPULAR DA MALHAÇÃO DO JUDAS
Crato | Cariri | Ceará | Brasil
30 de março de 2013



PROGRAMAÇÃO:

15h00min
- Cortejo do Judas, acompanhado pelo Grupo de Caretas do Distrito da Bela Vista e atores em personagens regionais. Trecho: Praça São Vicente (Concentração) – Rua Monsenhor Esmeraldo – Rua São Francisco – Rua Monsenhor Assis Feitosa – Centro Cultural do Araripe.

17h:00min
- Chegada ao Sítio do Judas, montado no Centro Cultural do Araripe, onde o traidor permanecerá até a hora de seu julgamento e malhação, sob a vigilância dos Caretas.
- Tradicional roubo do Sítio do Judas: os Caretas vigiam o sítio montado e açoitam com chicotadas os que ousarem roubar. A façanha é sair do sítio sem apanhar (e com o roubo).

19h:30min
- Distribuição e leitura do Testamento do Judas, elaborado em versos (cordel).
- Malhação do Judas, com artistas circenses em perna-de-pau e malabares de fogo. 

20h00min
- Forró pé-de-serra. 

22h00min
- Encerramento. 


OBSERVAÇÕES:

Em 2013, a 13ª Festa Popular da Malhação do Judas será realizada no Centro Cultural do Araripe, mobilizando aproximadamente 8.000 pessoas, dia 30 de março (Sábado de Aleluia), das 15 às 22 horas, em forma de auto medieval profano, com a participação do Grupo de Caretas do Mestre Cirilo, Artistas Populares e população. O eleito foi o Silas Malafaia – O Pastor Homofóbico, religioso que se destacou por seu comportamento preconceituoso em relação aos homossexuais, cujas pregações disseminam a homofobia, a violência e a intolerância religiosa.

quinta-feira, 28 de março de 2013

CARIRI DAS ARTES


Por ocasião do Dia Mundial do Teatro e Dia Nacional do Circo, artistas do Cariri lançaram ontem, na Praça da Sé em Crato, manifesto em defesa de importantes bandeiras reivindicadas historicamente pela categoria.

PROGRAMAÇÃO GERAL

CARIRI COMEMORA
20 h - Apresentação do espetáculo "A Comédia da Maldição" (Texto e Direção de Cacá Araújo | Cia. Brasileira de Teatro Brincante)
21 h - Performances circenses (Direção de Josernany Oliveira e Joênio Alves | Circo-Escola Alegria | Circo do Sopé)

CARIRI LUTA
21h30min - Lançamento do Manifesto

DIA MUNDIAL DO TEATRO
DIA NACIONAL DO CIRCO
27 DE MARÇO DE 2013

A Guerrilha do Ato Dramático Caririense é um foco de resistência e afirmação cultural, tendo o teatro, a dança e o circo como linguagens centrais, e se realiza a partir da ação conjunta e gestão compartilhada entre grupos e companhias da região, num movimento permanente e também através da celebração da arte realizada todos os anos no mês de novembro.

O Cariri tem um grande potencial artístico que, de certo modo, vem sendo desprestigiado por instituições promotoras de grandes eventos, seja privilegiando caça-níqueis ou produções externas, numa atitude deplorável de negação da arte e do artista local. Não somos contrários ao intercâmbio, mas defendemos que este deve ser concebido em via de mão dupla. Afinal, não podemos ser confinados à condição de meros espectadores, quando temos uma rica produção a ser mostrada, apreciada e valorizada.

A Guerrilha foi criada, portanto, como uma espécie de insurreição contra o abandono e a negação praticados no seio de grandes mostras e outros programas culturais realizados na região. Contra a excludência! É um polo gerador de vivência e integração, provocador de oportunidades para os novos e de visibilidade para os que pelejam há mais tempo.

Somos cerca de 30 companhias de teatro, dança e circo do rico universo Cariri, com linhas de pesquisa e comportamento estético muito peculiares, o que nos garante um quadro diversificado de espetáculos. 

Nesta data em que celebramos o Dia Internacional do Teatro e o Dia nacional do Circo, republicamos o presente manifesto, lançado em novembro de 2011, que carrega nossa voz, nosso coração e nossa alma. 

Guerrilha permanente

Pleiteamos que todas as instituições que fomentam as artes cênicas no Cariri se irmanem no financiamento, difusão, formação, intercâmbio e circulação permanentes do que é produzido na região.

Vemos que vários bons espetáculos de outros estados e de diversos países são mostrados no Cariri, mas é revoltante perceber que as mesmas instituições que promovem essa oportunidade, negam-se a desenvolver ações que valorizem e mostrem nossos espetáculos em outros estados e países. 

Intercâmbio responsável e democrático

Somos defensores de um intercâmbio que propicie a verdadeira integração e vivência entre as mais diversificadas e distintas experimentações e realizações cênicas, respeitando as opções estéticas e abolindo o preconceito, o privilégio do “amiguismo”, o mercenarismo, a subserviência, a perseguição política, o colonialismo. 

Acesso aos equipamentos culturais públicos

Os teatros municipais e outros equipamentos culturais pertencentes ao povo devem cumprir a missão de atender prioritariamente as demandas locais, com programação partilhada entre grupos e companhias, com o devido aparato técnico, para ensaios, temporadas e programas de difusão artística e afirmação cultural, a exemplo da Guerrilha do Ato Dramático Caririense.

Dignidade nos cachês e no financiamento

Nossas companhias de teatro, dança, circo, música e folguedos são constituídas de respeitáveis e valorosos artistas, pesquisadores e mestres. E nossas criações são merecedoras da atenção e tratamento distinto por parte de agentes financiadores e órgãos promotores, sejam públicos ou privados.

Somos a expressão verdadeira da identidade deste valoroso pedaço do mundo. Por isso, combatemos a humilhação dos cachês irrisórios e financiamentos insuficientes disponibilizados às produções locais e reivindicamos a revisão das políticas desenvolvidas no Cariri por todas as instituições atuantes no setor.

Reivindicamos a implementação de uma correta política de editais nos municípios e a destinação de 2% da arrecadação ao Fundo Municipal de Cultura, potencializando e democratizando as ações nesta área.

Controle social dos investimentos

Propomos que CCBNB, SESC, SECULT do Estado e dos Municípios, além de outros órgãos, possibilitem a participação dos setores organizados na concepção de programas e deliberação dos investimentos em arte e cultura. 

Dessa forma, teríamos justiça na definição de cachês, criação de intercâmbio verdadeiro e compromisso com o desenvolvimento e fortalecimento das artes e valorização dos artistas caririenses. 

Procedimento este, se extensivo a outras regiões do estado e do país, garantiria o respeito à diversidade e baniria grupos de mercenários que se instalaram no interior e na periferia de Organizações Governamentais (OG's) e Organizações Sociais (OS's), detentoras de imenso capital financeiro de origem pública.

Defendemos a realização urgente de Conferências Municipais de Cultura, como forma legítima de elaborar Políticas Públicas, revitalizar os conselhos e criar diretrizes de aplicação dos recursos. 

O Cariri é universal

Não entendemos o Cariri como uma ilha isolada do resto do Brasil e do Mundo. Perderia o sentido a sua existência, se assim fosse. Compreendemos nossa região como resultante de uma grande e profunda fusão de culturas, caldeadas em séculos de peleja envolvendo principalmente o ameríndio, o ibérico e o africano. Somos universais!

Lutamos, portanto, para que nosso povo não seja movido a ignorar a si mesmo. Valorizar o Cariri não é negar outras regiões ou países, mas inseri-lo na dinâmica que tempera a existência e o espírito da humanidade.

Crato-Cariri-Ceará-Brasil, Praça da Sé, em 27 de março do ano 2013.

Movimento Guerrilha do Ato Dramático Caririense

sexta-feira, 22 de março de 2013

ASSISTAM O QUE VAI ROLAR CULTURALMENTE NESSE FIM DE SEMANA NO CARIRI! COM Monike Feitosa

AGENDA CULTURAL POR MONIKE FEITOSA

GERALDO JUNIOR no "Música ao Pôr do Sol"!

Último show da temporada aqui na região! :)
Dia 23 de março, às 17h – Praça do Cruzeiro, Crato CE
“Música ao Por do Sol”, projeto do SESC Crato que acontece no Cruzeiro do bairro Seminário – Crato

Geraldo Junior – Voz, flauta, sintetizador, percussão e trompete
Anderson Matos (Jhoe) – guitarras e vocal
Remy Oliveira – Bateria e percussão
Ricardo Miranda – Baixo e vocal
Abel Pereira - Guitarra e voz

Todos os mundos lá!



Salve o dia da água!

Salve nossa chapada do Araripe e as águas que brotam no seu solo!

foto: Victor Kawy!


DIA MUNDIAL DA ÁGUA, Por Wilson bernardo

Que Deus Chore nas Terras de Santa Cruz de Veneranda,
lugar que uma caneca d'água é o suficiente para sede do corpo
 E minino que chora tem os zóis chupado pelas crias da sede.
Wilson Bernardo



quinta-feira, 21 de março de 2013

Cantinho do Pimenta investe em música boa, ótima dica!

Sábado no Cantinho do Pimenta:
Cidinho, Weskley SousaRodrigo Moura e Janinha Brito
repertório bem legal e renovado, samba soul, samba rock e mpb...Relembrando a época do Vinil...
E  Sexta tem Blues, com a banda Blues Cream também lá no cantinho, que tá investindo na música boa pra nosso fim de semana....
BORA??????????????????

ONDE?
Por trás do Crato Tênis Clube, bairro Pimenta Crato!

Sexta no Cantinho do Pimenta a partir das 21:00hrs


Janinha Brito a partir das 21:00h




Inscrições abertas para o LEVE Arte Contemporânea


Defensoria intermedia polêmica sobre Judas, Por: Yaçanã Neponucena

FONTE: http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1244255#diariovirtual

Crato. Após o resultado da eleição do personagem que, neste ano será o Judas do Crato, um questionamento está sendo abordado pela organização do evento e lideranças religiosas locais. O pastor, Daniel Batista, da igreja Madureira Assembleia de Deus, instalada no Crato, procurou a Defensoria Pública do Estado do Ceará para reclamar sobre a realização da festa de Malhação do Judas, que será realizada no próximo dia 30, pela Sociedade Cariri das Artes.

Durante a reunião na Casa de Conciliação, o pastor Daniel Batista solicitou a retirada do nome e da imagem de Malafaia na promoção FOTO: YACANA NEPONECENA

Segundo ele, a escolha do nome do também pastor, Silas Malafaia, para simbolizar o Judas fere os princípios da religião, já que o eleito pelo voto de 4.300 pessoas como personagem que mais incomodou a população cratense com seus posicionamentos considerados homofóbicos é representante nacional da comunidade evangélica da Assembleia de Deus.

A polêmica tomou força nas redes sociais e teve a adesão das duas correntes, tanto a da comunidade evangélica, que não aceitou a escolha do nome Silas Malafaia- O Pastor Homofóbico, como a dos artistas e demais participantes envolvidos no evento que condenam as atitudes preconceituosas do líder evangélico, com relação aos homossexuais. Na manhã de ontem, uma conciliação foi realizada pelo mediador e defensor público, Emanoel Leal de Santana, mas, ainda não houve consenso entre o pastor Daniel Batista e o coordenador da Malhação do Judas, o dramaturgo Cacá Araújo. Devido às duas partes representarem um coletivo e não se sentirem legitimadas a tomar atitudes imediatas, na próxima terça-feira (26) acontecerá uma nova tentativa de acordo.

Por acreditar que a Malhação do Judas é uma festa preconceituosa e que poderá difamar publicamente a imagem de Silas Malafaia, o pastor Daniel Batista solicitou a retirada do nome e da imagem do mesmo da celebração. Ele enxerga que a explosão do boneco é um ato que pode disseminar a violência.

"Não temos nenhuma queixa contra a organização do evento. O que queremos é que a imagem do nosso representante seja removida desta festa", revela.

Devido a malhação do Judas neste ano, ser um protesto contra as posições e pregações que disseminam a homofobia e a intolerância religiosa, a organização do evento não necessita de autorização para o uso do nome e da imagem do pastor Silas Malafaia. Anualmente, durante a eleição dos indicados ao título de Judas são discutidos gestos polêmicos e problemas sociais que tenham grande impacto na vida da sociedade local.

Cultural

Segundo Cacá Araújo, o ritual é cultural e tem os personagens indicados e escolhidos pela maioria dos participantes da votação. Para ele, Silas Malafaia não foi eleito por ser pastor, mas por ser uma pessoa homofóbica de imensa expressão nacional. "Para o jure popular o pastor está cometendo uma irregularidade e disseminando o ódio contra os homossexuais", afirma.

O dramaturgo considera o pronunciamento de Daniel Batista como uma sugestão, já que pastor não dispõe de uma procuração para agir em nome de Silas Malafaia. Cacá disse que a Sociedade Cariri das Artes realizará uma reunião para discutir a proposta de desvincular a imagem do líder da igreja e a do boneco.

Mais informações:
Ministério Público
Casa de Mediação do Crato
Endereço: Rua Álvaro Peixoto-304
Bairro: São Miguel
Crato

Yaçanã Neponucena
Repórter

OFICINA DE INICIAÇÃO À FOTOGRAFIA

Por: Pachelly Jamacaru

Período: Mês: Abril... DIAS: 1, 2 e 3
Horário: 19h às 21.30h
LOCAL: Centro do Crato – Rua José Carvalho 251
Inscrição: local

Primeira Turma (FORMADA)

Delcy Peixoto
Evelin Martins
Geraldo Saraiva
Roberto Jamacaru
Sandra Peixoto
Samuk (Samuel)

Já aceitamos reservas para a segunda turma, com data ainda não prevista... manifestem-se, já temos três pretendentes!


Mercearia central, famoso Bar do Naldim vai fechar!

Por: Dadá Petrole
Pra quem ainda nao sabe, a "Mercearia Central" (Budega do Naldinho), que no decorrer dos anos se tornou um espaço de caracter cultural e de representatividade da resistência ao modelo convencional de budega, está preste a ser fechada!

Infelizmente por conta da especulação imobiliária na nossa cidade, o espaço
tem que ser devolvido ao seu proprietário, que é o próprio vizinho dela. Entao uma das últimas relíquias da cidade do Crato será desintegrada em breve e mais uma vez o poder do venal massacra uma história de amor e dedicação!

Sinto muito por isso!

 Video Feito no bar de Naldim com o renomado artista Cratense Daniel Peixoto  

http://vimeo.com/36739022
Daniel Peixoto...Flei!



A galera que curte Naldim


foto do vídeo feito por Daniel Peixoto no Espaço do Naldim


O blog Cultura no cariri também lamenta que percamos mais um espaço onde podíamos chegar na madrugada e tocar livremente um instrumento, encontrar pessoas interessantes, sem contar o atendimento do Naldinho, e sua disposição.
O Crato está perdendo seus redutos boêmios, em uma certa ocasião o nosso amigo Dadá Petrole fez um comentário, que à primeira vista me soou como arrogante, só depois  vi a sabedoria da observação, estávamos em um bar conhecido da cidade, mas sendo muito mal atendidos, quem frequenta esse espaço sabe das suas portas serem fechadas às vezes até com fregueses dentro e em pleno consumo e outras grosserias mais, ele disse:
Esta cidade está muito carente!
Achei a colocação típica de pessoas que vão embora e voltam com olhar de superioridade, mas hoje vejo, a carência ta grande e a colocação foi muito bem feita...ora...quem como ele eu,  éramos frequentadores do antigo " Rosto", Xá de flor do real exótico e  gentil Blandino, e tantos outros,  vemos com clareza que perdemos muito espaços aleternativos na região.
Hoje pra se fazer música ao vivo é quase impossível pela imposição de que os shows terminem meia noite e os cachês ainda sejam os mesmos da década de 90, e quem ainda teima em fazer sofre consequências de processos judiciais, ficando submetidos assim a gastar com som, músicos e ter que encerrar no auge do consumo.
Eu, Janinha Brito, trabalho com música na região, talvez já faça esse trabalho muito pelo amor à música,  por ser uma pessoa que precisa da noite ativa sinto na pele o quanto nosso cenário mudou,  a falta de espaços, de estrutura é desistimulante para produtores culturais , proprietários de casas de eventos, e nós: MÚSICOS!
o fechamento do bar de Naldinho nos tira uma opção alternativa e nos empurra ainda mais para espaços onde sabemos que não somos bem tratados...
O Juazeiro tem crescido, tem muitas outras opções, mas à medida que cresce cai a qualidade da música, num apelo deprimente ao axé, forró, e outras bagaceiras mais, essas que já tem tanto domínio de mídia e espaços nos obrigam a baixarmos o nível musical se quisermos um contrato, e como eu e outros não aceitamos, não vemos outra saída a não ser a de correr na disputa de projetos em Centros Culturais, uma corrida quase que irreal pra nós que vivemos com cachês tão pequenos e temos por obrigação  que possuir material de qualidade, de áudio, vídeo, figurino, etc.
Poucas pessoas tem trabalhado para não deixar a música, a noite, e a alternatividade morrerem.
Kaika Luiz, Mônica Vitoriano, produtores culturais dessa região sofrem na pele a falta de investimentos e de patrocinadores, cobrando ingresso de 10 a 20 REAIS, com eventos onde reúnem por vezes 3 bandas do nosso cenário e de outros Estados, o público lamenta ainda o valor do ingresso, tirando assim a possibilidade da continuação dessas produções.
As Secretarias de Cultura se voltaram mais para o incentivo aos grupos de manifestações cabaçais, regionalistas, quando um músico quer se apresentar ele próprio tem que criar o projeto e ver como lucrar com isso, sem incentivo, patrocínio, espaço.
O Boteco João e Maria, localizado  na Rua: Carolino Sucupira, do Sangielo, vem com uma proposta interessante, música boa, noite do vinil, dj resgatando músicas da década de 70 e 80, bandas novas, samba, MPB, performance poética, etc.
Mas em desabafo, ele mesmo já me disse: É difícil Janinha, fazer esse trabalho por aqui!
O cantinho do Pimenta é outro espaço musical, está na aposta de toda sexta feira fazer Blues e Jazz, sendo que no sábado já tem freguesia garantida para o tradicional samba de raiz e samba rock, mas trabalham na rigidez de horário e submissos à um volume musical quase que ambiente, dificultando assim a boa execução das bandas!
Pra quem não conhece o Cariri, essa é uma região de muita arte, de almas livres e boêmias, estamos na esperança de que algo ainda seja feito por parte de nossas secretarias, a música não pode perder ainda mais espaço, toda essa fonte de talentos que jorram por aqui não podem ser desperdiçadas, esse é um mercado lucrativo, cultural, turístico.
E ATUALMENTE, QUEM NOS REPRESENTA????

terça-feira, 19 de março de 2013

Malhando Malafaia!


SÁBADO SANTO COM RAUL SEIXAS E CHICO SCIENCE


A Sertão Pop Produções, juntamente com a MC2 Produções, vem trazer para o público caririense dois dos melhores shows já curtidos na região. Veja quem vai fazer a festa e tocar os nossos corações:

Tiro Certeiro: uma reunião abençoada de grandes talentos!

O Tiro Certeiro é formado por ex-integrantes do grupo Dr. Raiz, que resolveram se reunir para fazer um tributo a banda Chico Science & Nação Zumbi. Com o intuito de relembrar umas das fases mais criativas do cenário musical brasileiro dos anos 90, quando bandas e artistas da cidade de Recife no Pernambuco, resolveram misturar elementos da cultura folclórica regional como o maracatu, côco e embolada, mesclando-os com alguns ritmos da cultura pop mundial como o rock, reggae, funk e hip-hop. Surgi então à idéia de formar um grupo que pudesse reproduzir a estética e a sonoridade de uma das mais expressivas bandas desse movimento, bem como ao seu maior expoente, Chico Science.
O tributo à banda Chico Science & Nação Zumbi, aparece como um lampejo de memória, ainda não adormecido, de um dos mais significativos movimentos de contracultura da contemporaneidade. O Movimento Maguebit, que por sua vez, recuperou uma tendência estético-musical surpreendente, que se aproximava do tropicalismo, expressão musical da década de 60, que também marcou a história da musica brasileira. É a partir dessa inegável contribuição que o grupo Tiro Certeiro, se apropria do legado deixado pelos mangueboys pernambucanos e presta essa homenagem à banda Chico Science & Nação Zumbi.



Toca Raul com Aquilles Sales: Um trabalho de releitura da obra de Raul Seixas.

O guitarrista, cantor e compositor Aquilles Sales é um inquieto artista da cena cultural caririense que não se cansa de criar e inventar maravilhas musicais sempre com o sua marca registrada. Com uma visão bastante inovadora e criativa, vem desenvolvendo vários trabalhos tanto autorais como de releituras, como esse maravilhoso Toca Raul, que já está consagrado e é alvo de críticas super positivas, principalmente vinda do público que sempre lota os seus shows. Dessa vez não será diferente, pois o Aquilles Sales nos promete uma apresentação muito rock and roll sempre provocando a participação da platéia e detonando a sua guitarra, vozeirão e fantástica performance em cima do palco. 


 


Das duas bandas podemos esperar uma "porrada" de som. Teremos dois grupos que certamente vão fazer a festa e tornar o Sábado Santo num grande encontro musical e de comemoração, pelo legado deixado por dois dos maiores representantes musicais brasileiros: Chico Science e Raul Seixas. Prepare o seu coração, seu espírito e sua alma para uma noite memorável!!! Chame os amigos, amor, amante e sejamos felizes para sempre.

Participe do evento através do facebook. Confirme a sua presença e repasse o convite para todos os seus contatos, assim a festa ficará bem mais feliz. Acesse: https://www.facebook.com/events/248995281903676/

CRÉDITOS: 
- Texto e foto sobre a banda Tiro Certeiro extraído do blog Cultura no Cariri de Janinha Brito (www.culturanocariri.blogspot.com)
- Foto do Aquilles Sales extraída do facebook do artista (https://www.facebook.com/pages/Aquiles-Salles/177496182340187)

sexta-feira, 15 de março de 2013


HOJE NO SESC CRATO TEM:

Bandinha Di Dá Dó, às 19 horas, no Teatro Adalberto Vamozi (SESC Crato)
Arte retirante: Realização CCBNB, Parceria SESC Crato
Entrada gratuita. Ingressos entregues 1 hora antes do show no SAC do SESC.
_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

Conexões Poéticas, às 20 horas
Esquete: "Eu Sei que Vou Te Amar", às 21 horas.

Local: Estacionamento do SESC Crato
Entrada Franca
 


Olha a agenda Cultural do Cariri, pra se ins"pirar"

AGENDA CULTURAL FEITA COM DEMOCRACIA E CARINHO POR MONIKE FEITOSA, VALE À PENA CONFERIR!

Hoje, sexta feira no Cantinho do Pimenta:

Primeira noite In Blues do Cantinho do Pimenta!



FESTIVAL CCBNB DESPREZA TEATRO CARIRIENSE


Nenhum espetáculo de teatro do Cariri na programação do Cariri! 




Expresso aqui minha indignação diante do abandono sofrido pelos grupos e companhias de teatro do Cariri na programação do VII Festival de Artes Cênicas do CCBNB. 

Quem "organizou" essa programação? Certamente não foi alguém com conhecimento suficiente acerca da realidade das artes cênicas da nossa região, ou então foi alguém que simplesmente despreza a produção e os artistas do Cariri. 

Nós, artistas e grupos de teatro de todo o Cariri cearense, exigimos do CCBNB - Centro Cultural Banco do Nordeste explicações sobre esse absurdo. Não é desta forma que se fomenta o desenvolvimento cultural da região. Quais foram os critérios de seleção? Houve edital? Infelizmente as "relações de amizade" tem sido motor de importantes ações do CCBNB, gerando uma corrosiva interferência na imprescindível e justa democratização das oportunidades.

Os grupos convidados pela "curadoria" não tem culpa desse descaso. Merecem nosso abraço e nosso aplauso. A presença deles aqui é importante para o enriquecimento do necessário intercâmbio artístico. Porém, não podemos silenciar diante do golpe desferido contra nós pela organização do "festival". 

15.Março.2013


Cacá Araújo 
Cariri-CE
STRE-CE N° 0764 
Dramaturgo, Ator e Diretor 
Vice-Presidente do SATED-CE 
Movimento Guerrilha do Ato Dramático Caririense 

terça-feira, 12 de março de 2013

CONVITE - AFAC-Ass. Filhos e Amigos do Crato


A AFAC e a LIVRARIA LUA NOVA, convidam voce, familia e amigos para o lançamento do livro GUIA DO ARTESANATO CARIRIENSE, da design e professora Cleo do Vale (FOTO).


O lançamento será em Fortaleza, nesta quinta-feira, dia 14 de março de 2013, na LIVRARIA LUA NOVA, na Av. 13 de Maio, em frente ao Shopping Benfica, às 19:00

Semana SESC de Artes Cênicas


VII Festival das Artes Cênicas acontece de 16 a 27 de março em três cidades do NE


O VII Festival das Artes Cênicas será realizado de 16 a 27 de março. Com duração de doze dias, em três cidades, Fortaleza (CE), Juazeiro do Norte (CE) e Sousa (PB), reúne repertórios e linguagens diversas, em apresentações artísticas produzidas nas cidades-sedes, assim como dos demais estados do Nordeste, e espetáculos nacionais.

Nesta sétima edição, além da multiplicidade de linguagens, o Festival vincula sua realização à diversidade de espaços espalhados pela capital do Ceará, Fortaleza, nos quais serão realizadas atividades no Theatro José de Alencar, SESC-SENAC Iracema e Cuca Che Guevara, além de praças públicas. No Cariri e em Sousa, os espetáculos acontecerão nos Centros Culturais Banco do Nordeste e também em praças e ruas. Bate-papos e Oficinas completam a programação.

O VII Festival das Artes Cênicas, com realização de Ato Marketing Cultural, conta com patrocínio do Banco do Nordeste, via Lei de Incentivo à Cultura, do Governo Federal. O Festival pode ser definido como uma experiência cênica que cumpre múltiplas funções: as apresentações artísticas e seu poder de entretenimento reflexivo, intercâmbios de grupos artísticos da Região Nordeste, e também nacionais, fortalecimento e estimulo à pesquisa e desenvolvimento cênico, junto a efeitos sociais, benefícios econômicos, visibilidade de grupos, parecer dos formadores de opinião, além de um trabalho sócio-pedagógico que visa maior interação e acessibilidade.

Serão 24 grupos, sendo 21 do Nordeste, com representação dos nove estados, mas tem também grupos de Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo. Isso porque um dos focos do Festival é o intercâmbio cultural entre as diversas regiões e as linguagens das artes cênicas.

De acordo com Ivina Passos, uma das sócias da Ato Marketing Cultural, “a realização da sétima edição do Festival surge como forma de consolidar sua relevância artística e cultural, uma vez que a continuidade do projeto busca ampliar as possibilidades de circulação e difusão das artes cênicas no País”.

Monique Cardoso, também sócia da empresa (ATO Marketing Cultural) ressalta que “tão importante quanto à difusão e a fruição artística é o investimento em formação e capacitação desses agentes culturais, artistas e grupos, que frente às exigências de profissionalização do setor necessitam cada vez mais de ferramentas técnicas e administrativas para a longevidade de seus trabalhos”.

O Festival, visando atender a essa demanda latente, realizará oficinas de Produção e Gestão de Grupos e Captação de Recursos, em cada uma das cidades, durante o mês de Abril, ainda como parte integrante de sua Programação.
Publicado por: João Paulo Seixas em 08.03.2013 às 08h29
Tags: artes cênicasjornal iteiabnb
Canais: Teatro

    Atenção seguidores do Cultura no Cariri, conheçam esse blog:

    http://memoriasdocordel.blogspot.com.br/

    O blog Memórias do Cordel surgiu como uma extensão de minha monografia sobre O legado da Tipografia São Francisco para o design brasileiro. Nossas postagens são dedicadas a todas as pessoas interessadas em conhecer e pesquisar sobre cordel e xilogravura.
    Paulo Jeyson

    Cego Aderaldo - O Cantador e o Mito


    Cego Aderaldo (Fonte: cinemacomrapadura.com.br) 

    Neste post vamos fala do Documentário do cineasta cearense Rosemberg Cariry intitulado “Cego Aderaldo - O Cantador e o Mito”. O filme conta a história desse cantor e poeta cearense na primeira metade do século XX.

    O Documentário
    Para compor o longa, Cariry passou por alguns obstáculos, entre eles a escassa quantidade de materiais de arquivo sobre Cego Aderaldo. A grande maioria das informações sobre ele se mantiveram através de fontes orais, misturando-se entre fato e lenda. O diretor resolveu então buscar inspiração em Aderaldo e usar de sua imaginação para compor o documentário.

    Durante o documentário há depoimentos de personalidades importantes como o cantor Geraldo Amâncio, o escritor Rodrigo Marques, o dramaturgo Ariano Suassuna, o crítico Firmino Holanda, o escritor Cláudio Portela, o produtor Luiz Carlos Barreto, além de pessoas da família de Aderaldo, como seu filho. Estes depoimentos mostram a dimensão do que foi Cego Aderaldo para a nossa cultura. Vale destacar também no filme o seu encontro na Amazônia com o cordelista Firmino Teixeira do Amaral, que escreveria o clássico A Peleja de Cego Aderaldo com Zé Pretinho do Tucum.

    O filme foi exibido em vários festivais, como o Cine Ceará em 2012, porém até o presente momento não encontrei o filme para locação, venda na internet ou algum trailer no YouTube para postar aqui, deixo então o pedido para quem conhecer onde é possível adquirir o filme, deixar nos comentários que acrescentarei nesta postagem.

    Rosemberg Cariry
    Rosemberg Cariry, diretor do filme, começou sua carreira cinematográfica em 1975 com documentários de curta-metragem sobre a cultura e a história dos povos do Brasil. Na década de 1980, realizou os primeiros filmes documentários profissionais. Ele já dirigiu importantes obras do cinema nacional como: O caldeirão de Santa Cruz do Deserto (1986); Juazeiro – A Nova Jerusalém (1999), Patativa do Assaré – Ave Poesia (2007) e Folia de Reis – Figural Farsesco e Popular (2012).

    Paralelamente à sua atividade de cineasta, é também escritor e poeta, tendo publicado livros de poesia, contos, cinema e pesquisa sobre culturas populares. Seus trabalhos são profundamente imersos na cultura nordestina.

    Quem foi cego Aderaldo
    Aderaldo Ferreira de Araújo, o Cego Aderaldo, nasceu 1878 no Crato-CE, mas foi criado na cidade de Quixadá-CE. Desde cedo a vida foi difícil para Aderaldo, seu pai foi acometido por uma doença em 1880 que o deixou mudo, surdo e aleijado, vindo a falecer em 1896. Aderaldo perdeu a visão quando tinha 18 anos, 15 dias após a morte de seu pai em 25 de março de1896.

    Cego e pobre, não tendo a quem recorrer, ele teve um sonho em versos. Foi quando descobriu o dom de cantador e de improvisar rimas. Logo ganhou uma viola de presente. Aprendeu a tocar e passou assim a garantir o sustento da mãe, que morreria pouco tempo depois. Após ficar sozinho, resolveu viajar pelo sertão, cantando e ganhando por sua habilidade.

    A fama de Cego Aderaldo foi crescendo com o tempo, atingindo um dos seus auges em 1914 quando se deu a famosa peleja com Zé Pretinho, o maior cantador do Piauí, cuja batalha de violas e rimas, foi transcrita pelo cordelista Firmino Teixeira do Amaral, consagrando o cantador.
    Capa do Folheto Peleja do Cego Aderaldo com Zé Pretinho (Fonte: www.casaruibarbosa.gov.br)

    Com a fama, Cego Aderaldo viajou por todo o Brasil, passando por estados como: Piauí, Maranhão, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, Bahia e São Paulo. E foi lá na capital paulista que ganhou do então governador Adhemar de Barros, com quem firmou boa amizade, um projetor cinematográfico. Ele passou então a sobreviver durante algum tempo, fazendo exibições por diversos lugarejos.

    Cego Aderaldo adotou e criou, como filhos, 26 crianças, dando estudo e profissão a todos. O cantador veio a falecer no dia 30 de junho de 1967 em Fortaleza-CE. Sua obra foi valiosa para a cultura brasileira, sua popularidade é comparada a de Lampião e Pe. Cícero, seu legado influenciou a música popular e as artes, nas décadas de 50 e 60.

    Ficha Técnica do Filme:
    Roteiro e Direção: ROSEMBERG CARIRY
    Produção Executiva: BÁRBARA CARIRY
    Direção de Produção: TETA MAIA
    Direção de Fotografia e câmera - DANIEL PUSTOWKA
    Montagem: ROSEMBERG CARIRY E FIRMINO HOLANDA
    Técnico de Som: YURES VIANA
    Patrocínio: SECRETÁRIO DO AUDIOVISUAL – SAV/MINC E TV BRASIL

    Mais informações:
    Cariricult
    Cine Ceará
    Cinema com Rapadura
    Diário do Nordeste
    Portal O Nordeste

    CELEBRAÇÃO À JAH


    Terreirada Cearense


    REVOLTANTE! Claudia Leitte terá quase R$6 milhões através da Lei Rouanet

    Aos meus amigos músicos que ralam na concorrência escassa de Editais de Cultura...

    Povo brasileiro, o Ministério da Cultura vai liberar 5 Milhões e 900 mil reais, para os produtores da cantora Claudia Leite(Claudia Cristina Leite Inácio Pedreira), para sua turnê de 12 shows. 
    É justo isso? esse valor absurdo para a cantora fazer a turnê? o dinheiro dos nossos impostos que deveria ser investido em saúde, transporte,educação, e outros critérios positivo para sociedade brasileira, não podemos apenas ver isso acontecer, temos que agir. 
    Por favor assinem esse abaixo-assinado para impedir q isso aconteça, é por um bem maior. 
    http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoVer.aspx?pi=P2013N36454


    foto: Metropress

    sexta-feira, 8 de março de 2013

    Dia da Mulher por Fidel Charlie!

    Dia 8 de março, dia internacional da Mulher! Corro às léguas! Nesse dia começa uma bajulação daquelas...é mulher pra cá e pra lá. Só porque a mulher também é mãe e tem que cuidar da casa, dos filhos, do marido, trabalha fora, tem que dar de conta da feira, do lar... apesar do que cuidar de criança dá um trabalho danado, e as vezes são 2 ou 3 e até mais... mas isso não quer dizer que a mulher seja isso tudo! Ah, lembrei de outras coisas: Ela tem de ir ao salão de beleza ficar bonita, pois ela é mulher-mãe e mulher-esposa, ao mesmo tempo em que é mulher-trabalhadora-profissional...e nós ainda reclamamos quando alguma coisa sai errado dentro de casa, fica chateado quando ela reclama da lâmpada que a gente não trocou, da torneira que não consertamos, da pia entupida e tudo o mais, porque isso é trabalho de homem. A verdade é que se deixar ela também o faz, as vezes ela só quer nos dar uma chance de sermos úteis em alguma coisa. Quer saber, eu amo a mulher que vive ao meu lado e gostaria muito de envelhecer ao seu lado, pois assim, a cada dia extraio mais e mais do muito que ela tem para me dar... uma troca onde o POUCO que as damos é o suficiente, e muitas vezes o MUITO que ela nos oferece nem sempre é o bastante, mas quando sabemos valorizar...isso é amor!


    quinta-feira, 7 de março de 2013

    Sábado SANTO!


    Atenção, Terreirantes! Estamos de passagem pelo Cariri!

     

    Venham brincar com a gente! Nossas músicas + grandes clássicos da música brasileira! Discotecagem com o DJ Boca! E claro, sempre, as participações especiais!

    Geraldo Junior - Voz, flauta e percussão
    Ranier Oliveira - Sanfona, e voz
    Flauberto Gomes - Zabumba, percussão e voz
    Fulano de Tal - Violão
    Junior Casado - Percussão

    - Bebidas e comidas típicas a venda no local -

    Local: BEATOS
    Rua Cícero Alves de Sousa, 182, Lameiro - Crato CE
    A partir das 22h

    Ingresso:
    R$14,00
    Ingresso na lista amiga (válida até 1h da manhã):
    R$10,00


    Para colocar seu nome na lista amiga:
    1. Envie um e-mail com seu nome completo, até as 19h do dia do evento pra producao@mundocariri.com ou;
    2. Coloque o nome da sua galera no mural do evento no facebook


    ANIVERSARIANTE DO DIA É VIP! VENHA COMEMORAR SEU DIA CONOSCO!


    Mais informações: +55 21 8250-8346 (Tim) / 88 9640 8862 (Tim)

    Produção: Terreirada Cearense e Mundo Cariri

    Fagner, Moraes Moreira, Zé Ramalho e Jackson do Pandeiro!

    Salve o Nordeste!!!!!!

    fotógrafo desconhecido!

    Desenho do artista multifacetado Guto Bitu!


    quarta-feira, 6 de março de 2013

    2° Mostra de Poesias Abril para a Leitura 2013 Edição Pedro Bandeira


    2° Mostra de Poesias Abril para a Leitura 2013
    Edição Pedro Bandeira

    REGULAMENTO

    O Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri convida todos os poetas e poetisas da Região do Cariri a participarem do processo seletivo de poemas para a 2° Mostra de Poesia Abril para a Leitura - Edição Pedro Bandeira.

    O tema do concurso é livre, sendo aceitos todos os estilos poéticos. Poderão participar poetas residentes na Região do Cariri. Cada participante poderá enviar até dois poemas inéditos, em língua portuguesa, digitados, com fonte “Time New Roman”, tamanho nº 11, de no máximo 02 laudas, para o e-mail: abrilparaleitura2013@gmail.com até 10 de abril 2013. O trabalho deverá ser enviado, constando nome completo do autor; e título do poema, endereço completo, CEP; telefone para contato - indicar DDD; e-mail e um breve currículo do autor.

    Os poemas (selecionados) serão publicados em um livro depois dos critérios de seleção, os poemas serão julgados por literatos reconhecidos da comunidade poética Caririense, cuja decisão será irrevogável e irrecorrível. Serão considerados na decisão: a correção da linguagem, a beleza das imagens poéticas e a originalidade com que o tema for tratado.

    O Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri convida todos os poetas e poetisas da Região do Cariri a participarem do processo seletivo de poemas para a 2° Mostra de Poesia Abril para a Leitura - Edição Pedro Bandeira.

    O tema do concurso é livre, sendo aceitos todos os estilos poéticos. Poderão participar poetas residentes na Região do Cariri. Cada participante poderá enviar até dois poemas inéditos, em língua portuguesa, digitados, com fonte “Time New Roman”, tamanho nº 11, de no máximo 02 laudas, para o e-mail: abrilparaleitura2013@gmail.com até 10 de abril 2013. O trabalho deverá ser enviado, constando nome completo do autor; e título do poema, endereço completo, CEP; telefone para contato - indicar DDD; e-mail e um breve currículo do autor.

    Os poemas (selecionados) serão publicados em um livro depois dos critérios de seleção, os poemas serão julgados por literatos reconhecidos da comunidade poética Caririense, cuja decisão será irrevogável e irrecorrível. Serão considerados na decisão: a correção da linguagem, a beleza das imagens poéticas e a originalidade com que o tema for tratado.

    Serão selecionados os 30 melhores poemas, para publicação de 1000 livros. Esta edição não prevê pro labore para autores, porem todos os selecionados receberão 10 exemplares da publicação, os demais serão distribuídos gratuitamente para a sociedade, bibliotecas e estudantes; No dia 26 de Abril as 18h, haverá evento publico no Teatro do CCBNB, para lançamento do livro e recital dos contemplados.

    Esse ano de 2013 a 2° Edição faz uma homenagem ao príncipe dos poetas Pedro Bandeira e sua indiscutível obra poética, atual e vibrante ate hoje, dono de um estilo regional e elegante, é considerado um dos mestres da poesia popular universal.

    Pedimos a todos os participantes que ao enviarem poesias, que indiquem a disponibilidade de comparecer ao lançamento do livro no dia 26 de abril de 2013 as 18h00 no CCBNB Cariri ou o nome de um poeta que possa representá-lo. Outras informações pelo telefone (88) 35122855 com Ricardo Campos coordenador do programa literatura em revista e (88) 88016642 com André de Andrade, produtor do evento.
    ATENÇÃO POETAS E POETISAS DA REGIÃO DO CARIRI; MAIS UMA VEZ ESTAMOS COM AS INSCRIÇÕES ABERTAS PARA A 2° MOSTRA DE POESIAS ABRIAL PARA A LEITURA 2013. EDIÇÃO POETA PEDRO BANDEIRA.

2° Mostra de Poesias Abril para a Leitura 2013
Edição Pedro Bandeira

REGULAMENTO

O Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri convida todos os poetas e poetisas da Região do Cariri a participarem do processo seletivo de poemas para a 2° Mostra de Poesia Abril para a Leitura - Edição Pedro Bandeira.

O tema do concurso é livre, sendo aceitos todos os estilos poéticos. Poderão participar poetas residentes na Região do Cariri. Cada participante poderá enviar até dois poemas inéditos, em língua portuguesa, digitados, com fonte “Time New Roman”, tamanho nº 11, de no máximo 02 laudas, para o e-mail: abrilparaleitura2013@gmail.com até 10 de abril 2013. O trabalho deverá ser enviado, constando nome completo do autor; e título do poema, endereço completo, CEP; telefone para contato - indicar DDD; e-mail e um breve currículo do autor.

Os poemas (selecionados) serão publicados em um livro depois dos critérios de seleção, os poemas serão julgados por literatos reconhecidos da comunidade poética Caririense, cuja decisão será irrevogável e irrecorrível. Serão considerados na decisão: a correção da linguagem, a beleza das imagens poéticas e a originalidade com que o tema for tratado.

Serão selecionados os 30 melhores poemas, para publicação de 1000 livros. Esta edição não prevê pro labore para autores, porem todos os selecionados receberão 10 exemplares da publicação, os demais serão distribuídos gratuitamente para a sociedade, bibliotecas e estudantes; No dia 26 de Abril as 18h, haverá evento publico no Teatro do CCBNB, para lançamento do livro e recital dos contemplados.

Esse ano de 2013 a 2° Edição faz uma homenagem ao príncipe dos poetas Pedro Bandeira e sua indiscutível obra poética, atual e vibrante ate hoje, dono de um estilo regional e elegante, é considerado um dos mestres da poesia popular universal.

Pedimos a todos os participantes que ao enviarem poesias, que indiquem a disponibilidade de comparecer ao lançamento do livro no dia 26 de abril de 2013 as 18h00 no CCBNB Cariri ou o nome de um poeta que possa representá-lo. Outras informações pelo telefone (88) 35122855 com Ricardo Campos coordenador do programa literatura em revista e (88) 88016642 com André de Andrade, produtor do evento.
    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...