terça-feira, 27 de dezembro de 2011

AURORA , CE - DE SERRA AZUL

Transcrição: Luiz Domingos de Luna*

NOTAS SOBRE O POETA SERRA AZUL
Trecho publicado em O Ceará, de Raimundo Girão e Antonio Martins Filho, Edição de 1939 – editora Fortaleza. Rio de Janeiro, 9 de julho de 1977

Nos idos de 1919 chegava a Fortaleza o poeta Serra Azul. Tinha 26 anos, pois nascera a 3 de maio de 1893 no sítio Pau Branco do município de Aurora – CE. Aos 4 anos de idade ficara órfão de pai e mãe, sendo criado por uns tios que não tinham filhos. Aprendera a ler valendo-se de retalhos de jornais, fragmentos de livros escolares, almanaques e folhetos que conduzia, às escondidas, para a sombra do marmeleiro e do mofumbo, arbustos que caracterizam as caatingas do nordeste. Aos 15 anos recebera de Luiz Gonçalves Maciel as primeiras noções. Esse Luiz Gonçalves Maciel havia sido seminarista e era tudo em Aurora: professor, mestre de música, sacristão e farmacêutico. Como sacristão, substituía o vigário nas suas ausências, ministrava sacramentos e fazia pregações; como farmacêutico, era o médico do lugar e das aldeias vizinhas. Maciel encontrava-se em Malhada Funda, na zona do ribeirão Tipi, afluente do Salgado, foragido de Aurora, quando a cidade fora invadida, incendiada e saqueada, em 1908, pelas cabras de José Inácio, do Barro, e de Cândido Ribeiro, mais conhecido por Cândido Pavão. De Lavras, onde residiu o nosso perfilado algum meses, saiu a peregrinar pelo sertão como professor de meninos, detendo-se na Serra azul, a leste de Quixadá, em 1912, quando tratou de construir família. Participando de reuniões na chamada Cidade dos Monólitos, começou a fazer sucesso como improvisador, sucesso que repercutiu em Fortaleza. Juvenal Galeno, Rodolfo Teófilo, Antonio Sales, Quintino Cunha e Leonardo Mota convenceram-no a fixar-se na capital, onde conseguiria emprego. Mas do dinheiro que esse emprego lhe rendia nada sobrava para a compra de livros. A família aumentava de ano em ano. Assim, passou a freqüentar todas as noites, a biblioteca pública. Lia muito, lia até se apagarem as luzes do prédio. Ás vezes era visto em companhia de literatos, e os jornais começavam a publicar as suas poesias. A conselho de Rodolfo Teófilo resolveu adotar o nome de Serra azul, Não mais como apelido, porém como nome de família. Hoje além de poeta, é o professor de história natural e geografia. .
Francisco Leite Serra Azul. De uma memória de anjo, sabe de cor mais de 100 sonetos de Bilac, o seu preferido, e conhece, a fundo, as geografias físicas do Brasil, sendo capaz de responder sobre qualquer dos seus acidentes. Publicou Serra azul em 1924 o Alfabeto das Musas e em 1938 Natureza Ritmada. Ambos esgotados. Alfabeto das Musas contém os versos da fase lírica do autor. Alice é o modelo dos demais sonetos dessa fase. Francisco Leite, que veio do interior quase inculto, fixou-se aqui e vencendo terríveis dificuldades conseguiu cultivar seu espírito, manter e educar sua numerosa família. Hoje é professor, e com o nome de Serra Azul tornou-se um de nossos poetas mais conhecidos. É de sua autoria o volume Natureza Ritmada, aparecido ultimamente e que foi uma vitória para o seu talento. Trecho publicado em O Ceará, de Raimundo Girão e Antonio Martins Filho, Edição de 1939 – editora Fortaleza. Rio de Janeiro, 9 de julho de 1977. Meu prezado poeta Francisco leite Serra Azul ( Serra Azul )Alameda das Verbenas, 322 – Q. 13 Aldeota Fortaleza – CE. Pax Tenho participado de vários livros do Aparício, menos deste último: anuário de poetas do Brasil – 1 vol. 77, onde, com satisfação acabo de ler os seus 10 sonetos, sob a denominação Versos bucólicos. Confesso – lhe, meu preclaro poeta, que estou maravilhado são 10 sonetos bucólicos muito bons, o que é bastante raro, hoje em dia, acontecer. Meus efusivos parabéns. Gostei muito dos seus: A farinhada Aurora, pequeno munduru e a lua, todos de um fino lavor e bela inspiração. São difíceis de se fazer. Bravos. Queira dar – me a honra de ler o meu segundo livro de poesias: pensamentos poéticos, propaganda anexa, com 134 novos sonetos, entre alexandrinos, decassílabos e sonetinhos que tenho absoluta certeza de que irá gostar. Não o decepcionarei, meu estimado confrade e, desde já, aceite o meu abraço agradecido e os votos de boa saúde e inspiração. Do seu admirador. A poesia de Serra Azul. Francisco Leite Serra Azul é inconfundível com os demais poetas do Brasil. Inconfundível porque a sua poesia é de cunho científico – filosófico ainda não cultivado no Brasil, filiando-se aos gêneros de Lucrécio, Ovídio e Goethe. Seu livro Natureza Ritmada é uma prova disso. E o livro Versos Bucólicos pelas amostras que temos e pelo que verificamos na intimidade do poeta, não é mais do que uma continuação daquele no seu gênero predileto. Apenas a variante está em que Natureza Ritmada é cosmogônico. Dedica-se aos assuntos da astronomia, da física, da química, da meteorologia, da biologia e da fisiologia e anatomia humana. E matematicamente, entra pelos campos da geometria, onde descreve na Força cósmica um universo de círculos, eclipses, triângulos e linhas, falando sobre a curva do tempo e as Dimensões do Espaço, onde entram em choque as leis da gravitação universal de Newton com as da relatividade de Einstein. Penetra ao fundo dos abismos estelares onde se acha a estrela Antares com seus 370 anos de luz distante de nós e que nenhum poeta como Bilac tem ouvidos para ouví-la ou entendê-la. E com a mesma facilidade desce ao profundo vale submarino onde emitido luz como os radiários, fala do motu-continuo e da evolução na luta universal. Este é o enredo de natureza ritmada. Ao passo que versos bucólicos é geogênico ou geofísico. Trata de assuntos relativos ao adubo da terra, aos minerais, as plantas e aos animais. É todo dividido em ordem metódica. Há uma série de poemas e sonetos sobre plantas industriais e alimentícias outra sobre plantas medicinais, ornamentais e hortenses, outra sobre árvores frutíferas, árvores nativas e árvores.
(*) Transcrição – Professor da Escola de Ensino Fundamental e Médio Monsenhor Vicente Bezerra – Aurora - Ceará

domingo, 25 de dezembro de 2011

MAIS FUNDO



Eu queria olhar nos seus olhos e contar reflexos, mais fundo, mais fundo.

Eu queria te encontrar um dia desses e assistir você ensaiar um discurso qualquer para uma pessoa que eu desejaria que fosse eu. Mais fundo, mais fundo.

Eu queria levar você para um outro lugar, para dentro de mim. Mais fundo, mais fundo.

Eu queria te dizer como eu realmente te vejo e contar coisas que você nem sonha imaginar. Mais fundo, mais fundo.

Eu queria flanar com você por caminhos que só você conhece, deixando você me mostrar o que há de bom nesse mundo insosso. Mais fundo, mais fundo.

Eu queria contar copos e sedas enquanto um filme qualquer passeia pela tela e nos leva para mais fundo, mais fundo.

Eu queria brincar dedos pelo seu pescoço e sentir sua pele protestar em silêncio. Mais fundo, mais fundo.

Eu queria mergulhar em você. Mais fundo, mais fundo...

Marielle Zum Bach(www.,utopiada.blogspot.com)
imagem: Internet

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Campanha "Queremos seu Cacareco"

Você deve ter em casa aquele cabo velho de USB, o cartão de memória que não usa mais, aquela maquina de fotografar antigona, uma tesoura velha, um gravadozinho, uma extensão...e muitas outras coisas que nunca utiliza....já pensou em doar? Queremos todo os seus cacarecos para construimos o nosso Laboratório de Estudos, Vivencias e Experimentos em Arte Contemporânea.

Sua doação...pode fazer a arte circular coletivamente.....

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Doce Natal:Domingo de Festa e de Muitos Presentes No Sonho de Uma Cidade Ideal-Wilson Bernardo.

O largo da RFFESA ficou lotado, de tanta criança em busca do seu sonho ser realizado e claro ficar bem pertinho do Papaí Noel quando foi distribuído milhares de presentes para crianças carentes da cidade do Crato.A festa contou com sua idealizadora e  mentora do projeto doce Natal  Mônica Araripe que esteve acompanhada com seu esposo o prefeito  da cidade do Crato Samuel Vilar Araripe.
Crianças e bastante bonecas em forma de gente
Ganhara um premio surpresa quem descobrir quem é esse Papai Noel
A certeza de que o amanhã o sonho continua uma fantasia...Papai Noel!
A felicidade foi estabelecida com o Doce Natal na cidade ideal...Crato!
Enfim falar o quer? Obrigado Samuel Araripe e Mônica Araripe.
Wilson Bernardo (Texto & Fotografia)
fonte:www.blogdocrato.com
Por: Janinha Brito

domingo, 18 de dezembro de 2011

Cultura do Pânico


Luiz Domingos de Luna*

A possibilidade de um observador, acompanhar a história da humanidade no espaço tempo, no Planeta Terra. Um dilema será apresentado à espécie - o aumento de seu índice matemático, como o ser humano é um consumidor por excelência, O consumo terá também sua taxa acrescentada. Este vetor tem sido uma constante na história do homem.

A Produção, a fonte, sempre foi e será a natureza, assim se forma uma equação perversa, a cada aumento global da população com certeza aumenta o dano à natureza; assim a equação perversa passa a ser um mal necessário; pois a elasticidade populacional gera um custo muito alto para o espaço geográfico, vez que, a cada ocupação humana, milhares de espécies terão que desocupar “o seu habitat”, e os ecossistemas passam a ser um espaço exclusivo do seres humanos. – Espaços urbanos.

A Bomba populacional elaborada nos mais distintos espaços é uma realidade inexorável no tempo presente. Não dá mais frear, nem empurrar o problema para o futuro, muito menos, fingir que não existe. São fatos reais, comprovadas cientificamente, as estatísticas provam, já existe um consenso quanto a esta problemática, resta inserir meios plausíveis de: a cada pulo populacional, um salto na cultura do consenso, da seriedade, da responsabilidade, do compromisso do bem estar com o Planeta Terra. Urge assim, a necessidade de se criar em toda a conjuntura humana um desenvolvimento sustentável, tendo como premissa a continuidade dos seres humanos no planeta e a diminuição no Maximo possível de transgressão da natureza.Ao que parece ser solução, na verdade é um problema maior, Senão vejamos: Projeções apocalípticas, radicalismo exagerado, exposição de Pânicos futuros sem fundamentação teórica criteriosa, ideologias direcionadas balofas, e falta de compromisso com a relação entre a bomba populacional, as exigências dela advinda e a preservação da natureza.

(*) Professor da Escola de Ensino Fundamental e Médio Monsenhor Vicente Bezerra – Aurora - Ceará.

Riquezas do Cariri! Trio Instrumental Ceará!

O Trio Instrumental é composto por acadêmicos de música da região do Cariri, no estado do Ceará. A Experimentação abrange temas melódicos construídos a partir da base: violino, violão e contrabaixo. Seu repertório eclético transita pelo jazz, blues, música de concerto e música popular brasileira.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Caldeirão dos Mitos

Caldeirao Dos Mitos Elba Ramalho
Eu vi o céu à meia-noite
 Se avermelhando num clarão
 Como incêndio anunciado
 No apocalipse de São João
Porém não era nada disso
 Era um Curisco, era um Lampião
Eu vi um risco nos espaços
 Era o revôo do sanhaçu
 Eu vi o dia amanhecendo
 No ronco do maracatu
 Não era lança de São Jorge
 Era o espinho do mandacaru
Ví um profeta conduzindo
Pros arraiais as multidões
 Pra construir um chão sagrado
 Com espingardas e facões
Não foi Moisés na Palestina
Foi Conselheiro andando nos sertões
Eu vi um som na escadaria
 Dó, ré, mi, fá, sol, lá, si, dó
 Não era o eco das trombetas
 De Josué em Jericó
Era um fole de oito baixos
 A tocar numa noite de forró
Vi um magrelo amarelado
 Passando a perna no patrão
 Não foi ninguém da Inglaterra
Nem de Paris, nem do Japão
 Era o Pedro Malazarte
 Era João Grilo e era Cancão
Eu vi um som ao meio-dia
 No meio do chão do Ceará
Não era o coro dos Arcanjos
 Nem era a voz de Jeová
Era uma cascavel armando o bote
Balançando o maracá
Vi uma mão fazer do barro
Um homem forte
 Um homem nu
 Um homem branco como eu
Um homem preto como tu
 Porém não foi a mão de Deus
Foi Vitalino de Caruaru


quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

BALANÇA






não se pesa um poeta
por palavras, apenas.
não se mede um poema
por sentidos, em cenas.

pois um poeta é o peso
e a medida do poema
(ine)exato.

a luz e o rigor,
o tamanho de uma cor.

(Poeta paraibano, Bruno Gaudêncio escreve no blogue Acaso Caos: http://acasocaos.blogspot.com/)

SHOW:Dihelson Mendonça Trio Entardece o Sol Beijando a Lua-Wilson Bernardo.



O SESC-Crato e o projeto música ao Pôr-do-sol nos presenteou ao final da tarde de Sábado com o virtuosismo do maestro Dihelson Mendonça, acompanhado de um quarteto magnifico: Dihelson Mendonça no piano, João Neto baixo, Saul Brito na bateria e Marcelo Randemarck também no contrabaixo. Como era de se esperar, a fina música do Cariri ecoando por todo vale a satisfação da boa música, nos livrando dos empacotamentos musicais sem a minima qualidade.

A beleza do Crato é um premio, acalentado pela música de qualidade

Soltar a fera é ter a certeza de que os ouvidos vão dormir bem melhores

Cláudio Reis e Alam Bastos,atentos e se deliciando ao som do que é magico

O quarteto fez a quebradeira do som de encantares deuses da chapada

Abidoral Jamacaru e o filosofo Sávio,degustando o fino trato dos sons incríveis

Wilson Bernardo (Texto & Fotografia)
FONTE: www.blogdocrato.com

Luiz Gonzaga de cabo a rabo!

sábado, 10 de dezembro de 2011

PEDIDO, Por: Antônio Sávio!

Pedido

Não dê-me tua face, floreio ou riso
Negue-me os gestos mais delicados
Negue-me o externo o verniz proferido
Negue-me o volume extridente dos brados

Negue-me o pão, o vinho ou o trigo
Furte-me o sol, o azul do firmamento
Pode-me a arte, os versos a estalar em gritos
Tudo, a essência do ser, os fundamentos

Mas não tua existência mesmo que em conflito
Não negue-me um fio de esperança
Pois para que a vida, para que a existencia valha
É preciso você: desde já minha quintessência
O bálsamo para o corte de mil navalhas.

A gota de orvalho que paira sobre a folha,
O voo do pássaro, a liberdade enfim
És o que me inspira, o que me esmera
Para um amor, ainda que seja de festim.
 
 Fonte:http://poesiaquemdiria.blogspot.com/2011/05/pedido.html

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

É AMANHÃ, SÁBADO - SHOW: Dihelson Mendonça Trio - Dia 10 de Dezembro - SESC - Projeto Música ao Pôr-do-Sol


Dia 10 ( Sábado ) - Às 17:00 - Na Praça da Ladeira da Integração

Show "EQUINÓCIO"


http://3.bp.blogspot.com/-qCdfcJk4bkI/TtoGWDSqTsI/AAAAAAAAcKI/zznl877fqW4/s1600/Dihelson_projeto_por_do_sol2.jpg


Com:


Dihelson Mendonça - Piano
João Neto - Contrabaixo
Saul Brito - Bateria
Participação Especial - Marcelo Randemarck - Contrabaixo.

Serviço

Data: Dia 10 de Dezembro
Local: Praça da Ladeira da Integração
Patrocínio: SESC CRATO

FESTA NO TERRAÇUS - PRÉ-NATAL

Estamos de férias. Dezembro é um mês mágico, com todas as pessoas em alto astral e no embalos das comemorações natalinas e de passagem de ano. A Sertão Pop Produções está fazendo este evento um dia antes do Natal, o pré-natal, em um sexta-feira que certamente será perfeita. Para isso convidou duas bandas que estão sendo destaque no cenário musical caririense. A Banda Cariri Blues, com o seu projeto "BLUIZ GONZAGA", onde faz uma releitura da obra do "REI DO BAIÃO" em ritmo de blues, um trabalho inédito e super gostoso de ouvir e curtir. A outra banda a deliciosa "LOSTHEOS" que se volta para o rock e o blues tocados com muita criatividade e bom gosto, é um dos maiores destaques da cena alternativa do Cariri, com uma legião de fãs impressionante.
Portanto, essa noite será realmente mágica, como é a magia do encontro, da alegria e da curtição.
Vamos nessa?

OBS: Quer que a logomarca da sua empresa apareça nesse evento? Seja um parceiro nosso. Entre em contato através dos telefones (88) 9666.9666 / 8824.2131 / 3521.5398 ou passe-nos um e-mail para kaikaluiz@gmail.com

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

LIBERDADE




Ultimamente, sinto vontade de mudar de país, de nome, de cabelo, de companhia... A quase que uma revolta. rs

Que loucura, não?

***

A liberdade de ter opinião.
A liberdade de poder mudar de opinião.
A liberdade de ficar confusa e surtar.
A liberdade de querer ficar quietinha.
A liberdade de pedir um abraço.
A liberdade de pedir atenção.
A liberdade de ser o que tiver que ser. Sem pretensões. Sem cobranças.
A liberdade de achar que poderia ser mais.
A liberdade de saber qual vai ser.
A liberdade de viver do jeito que achar bom.
A liberdade de xingar quando achar necessário.
A liberdade de se perguntar por onde ela anda.
A liberdade de ser gay.
A liberdade de ser hetero.
A liberdade de dizer a verdade e não ter medo.
A liberdade de ser corajaso e pular.
A liberdade de ser louco, de se mudar para Marte.

A liberdade de mudar de estrofe.
De quebrar a sequencia.
De ser quando quiser ser.
De olhar nos olhos dela e dizer "vai" cheia de vontade de dizer "fica".
De viver novos amores mesmo não tendo esquecido do ultimo.
E de continuar se sentindo uma boba quando fala do que está sentindo.
E quando escreve num tal blog.

Hoje, eu sou mais livre do que nunca fui antes.
Posso fazer tudo isso aí.
E mais. Muito mais.
Mas é quando se tem a liberdade nas mãos que se percebe
o quanto ela te limita.

A possibilidade de fazer o que se quer fazer e quando se quer te faz perceber que a liberdade só mostra o quanto é necessário estar preso ao que se acredita, ao teus sentimentos, a tua conduta com as pessoas que você gosta e com aquelas que um dia gostaria de conhecer.

Não quero ser assim tão livre. Quero ser presa a mim, a você e ao nosso futuro

LILIU
do BLOG http://emmarte.blogspot.com
foto/imagem da internet

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Aniversário de Janinha Brito! Todos convidados!

Aí galera, a oportunidade de termos uma reunião com os músicos queridos da região do Cariri, doar para o Doce Natal um brinquedo e comemorar meus 30 e tantos aninhos...Teremos um encontro com grandes nomes da música do Cariri, o show será da Banda Dona Flor, mas contaremos com a presença de no mínimo 25 artistas dispostos a fazer uma grande festa! 
Vamos comemorar meu aniversário da forma mais plena pra mim: Música, Amigos, noite e arte!

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Poesia e casos do Nordeste!

Rádio Educadora do Cariri - 24 horas com você !

Ouça ao vivo a Rádio Educadora do Cariri através do Blog do Crato, ou 24 horas por dia, através do site da Rádio Educadora que criamos especialmente:

www.radioeducadoradocariri.com

Toda a programação disponível para você o tempo todo

O Blog do Crato realiza uma parceria com a Rádio Educadora do Cariri há 2 anos, e transmite o áudio da estação na Internet. Você conta com toda a programação da estação, inclusive com o famoso jornal do Cariri, com Antonio Vicelmo, às 07 da manhã, todos os dias. O sistema é mantido 24 horas no ar, há 2 anos.

O endereço na Internet é: www.radioeducadoradocariri.com SEM BR

O Endereço do Blog do Crato é: www.blogdocrato.com



Rádio Educadora Totalmente Recuperada !


"Haveremos de transformar a Rádio Educadora do Cariri na melhor estação de Rádio do Interior Cearense. Essa é a nossa Meta"

"Recuperamos a Rádio Educadora ao esplendor que ela somente atingiu no tempo da sua inauguração. Compramos novos transmissores, equipamentos novos, e somos a única estação de rádio do Cariri em AM preparada para a transmissão digital"

"A nova Rádio Educadora quer inovar. Teremos todos os gêneros de música, voltados para uma programação diversificada, cultural e sobretudo, educativa."

Geraldinho
Tudo Novo !



Na foto acima: Novos estúdios, com todo o equipamento novo, computadores, mesas, ar-condicionado, e os funcionários agora usam a farda da Rádio Educadora. Na foto, do lado esquerdo, "Ideval", e do lado direito, "Marcos Carneiro".

Geraldinho

Acima: Geraldinho recuperou grande parte do acervo de Vinyl da estação

Img_4034

Na foto acima: O novo departamento financeiro da Rádio

Geraldinho

Na foto acima: Geraldinho mostra o espaço onde o piso original foi recuperado


Seu Zezé

Na foto acima: Um dos novos astros da estação, o "Seu Zezé", programa que é a nova sensação do Cariri, trazendo o que há de melhor na música nordestina, com ênfase nos grandes mestres, como Luiz Gonzaga. O bem humorado "Seu Zezé" brinca com os participantes, a exemplo do seu antecessor, o finado mestre Elói. Todos os dias, às 17 horas.

Seu Zezé

Na foto acima, o material do "Seu Zezé"

Na foto acima: O geraldinho faz questão de mostrar a restauração que fez no quadro de N. Senhora Educadora, símbolo da estação.


Img_3953

Na foto acima, o radialista Marcos Carneiro, um dos principais da nova equipe esportiva, que foi totalmente reformulada.

Seu Zezé

Acima: "Seu Zezé" em outro ângulo


Img_4548

O grande "âncora" da emissora, o Radialista Antonio Vicelmo

O técnico da estação, Quim Neto

Img_4614

Aqui vemos duas grandes personalidades ligadas à nova estação, o Padre Edimilson, que mantém um programa diário às 11:00 e o Geraldinho, diretor da Estaçao.

Img_4621

Por: Dihelson Mendonça

ótima dica pra quem tem bom gosto! Por: Washington Nogueira


Vitrola Cultural

#Programa Vitrola Cultural
#Dia:Todos os sábados
#Horário: A partir das 20 horas
#Estação: Rádio Educadora do Cariri - AM 1020 KHz
#Você pode acessar também através do site: www.radioeducadora1020.com.br

Bom Gosto Musical e Qualidade Sonora nas Ondas do seu Rádio: No Ar Vitrola Cultural. Um programa inteligente para aliviar as suas noite de sábado.


Olá, pessoal! Salve, salve, amigos do planeta da boa música e das artes em geral! Bom, aproveitando o embalo das redes sociais, estamos apresentando mais um canal interativo que tem como foco debater, dialogar, repercutir temas atuais, bem como rememorar acontecimentos passados que compõem o universo cultural-artístico brasileiro, em conexão com produções oriundas de todo o mundo. Este espaço funcionará como uma vitrine para propagar ideias e intervenções de produtores culturais da região e do Brasil. Em sintonia com a nova política de comunicação cultural, abraçando as plataformas web e audiovisual, o conteúdo desta página reserva-se a divulgar a programação e as atrações do Programa Radiofônico Vitrola Cultural. Uma atração semanal, apresentada pelo jornalista Washington Nogueira, que vai ao ar pela Rádio Educadora do Cariri - AM 1020 KHz. Um forte abraço a todos e desejamos uma boa navegação e audição a todos!

Zabumbeiros Cariri, uma das riquezas da cultura do Cariri!

Arte Caririense - Zabumbeiros Cariris

Os Zabumbeiros Cariris. Formado desde outubro de 2002, na cidade de Juazeiro do Norte, o Grupo desenvolveu seu trabalho musical mergulhado neste vasto imaginário nordestino.

Com um repertório autoral, formado por temas instrumentais e canções cujas letras nos remetem a fatos históricos do Cariri, como, por exemplo, a saga do Caldeirão do Beato Zé Lourenço, os Zabumbeiros Cariris apresentam uma música simples e vigorosa, baseada na sonoridade de instrumentos típicos da região, como o zabumba, o pífano e a rabeca.
 
fonte:http://caririematividade.blogspot.com/2011/02/arte-caririense-zabumbeiros-cariris.html

Tributo ao rei do baião!

DOCE ESPETÁCULO, DOCE DANÇA!!


Atenção, Atenção!!!!! Vai começar, já começou, a produção do Doce Espetáculo! Sob a direção coreográfica de Danielle Esmeraldo, já estão acontecendo os ensaios do Doce Espetáculo. Um Musical de Arena, a céu aberto, com a participação de mais de 200 crianças dançando, interpretando, e cantando.Com esforço e muito suor, elas esbanjarão graciosidade e muita determinação!!! Até lá!
Dia 16 de Dezembro,grande Abertura do Doce Natal, no Centro Cultural do Araripe as 19h. Papai, Mamãe e filhinhos, venham, participem desse ato de amor, cultura e tradição, e façam parte dessa festa, porque no Cratinho de Açúcar, todo mundo é irmão!!!

 
 

Nas garras do Capa Bode!

sábado, 3 de dezembro de 2011

SHOW: Dihelson Mendonça Trio - Dia 10 de Dezembro - SESC - Projeto Música ao Pôr-do-Sol

Show "EQUINÓCIO"

http://3.bp.blogspot.com/-qCdfcJk4bkI/TtoGWDSqTsI/AAAAAAAAcKI/zznl877fqW4/s1600/Dihelson_projeto_por_do_sol2.jpg


Com:


Dihelson Mendonça - Piano
João Neto - Contrabaixo
Saul Brito - Bateria
Participação Especial - Marcelo Randemarck - Contrabaixo.

Serviço

Data: Dia 10 de Dezembro
Local: Praça da Ladeira da Integração
Patrocínio: SESC CRATO

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

ETs no Planeta Aquarius

Luiz Domingos de Luna*
Outro dia, como de costume, fui convidado às pressas para retornar a meu querido Planeta Natal – Aquarius, seguindo os ritos já previamente estabelecidos fiz uma viagem normal, desta vez, nada de tonturas, náuseas, nada, tudo normal, inclusive gostei muito.
Ao chegar à câmara, peguei o meu cartão de identificação, cumprimentei os colegas aquarianos e fui ocupar a minha cadeirinha, enquanto isto, o telão girava em 3D com o tema da conferência: ETs no Planeta Aquarius. O conferencista, vestido em sua bela capa sorrindo para todos foi muito aplaudido pela plenária, uma forma pedagógica de explicar aos humanos, vez em Aquarius não existir matéria nem tão pouco emoção à maneira conhecida pelos humanos.
No púlpito, o conferencista começou dizendo assim: “Meus irmãos temos informações de que os ETs estão causando problemas na Via Láctea, mais precisamente no Planeta Terra, estão aproveitando a nossa tecnologia de abdução para assombrar os terráqueos, a nave fica parada com luzes acesas, com o também sistema de controle gravitacional, com a velocidade mais de 1000 vezes a da luz, com freadas bruscas, o que causa pânico para os terráqueos, o que estão fazendo na Via Láctea podem fazer na nossa galáxia Atenas e , principalmente, no nosso Planeta Aquarius” – Alguma sugestão ? – sim – um colega lá do canto da Plenária indagou: O que É Extra Terrestre? Ao que o conferencista prontamente respondeu é tudo que está fora do Planeta Terra. O Colega replicou – assim nós do Planeta Aquarius somos Extra Terrestre. -Exatamente confirmou o conferencista. O meu colega com o uso da palavra fez a seguinte proposta: Prezados Aquarianos, o que precisamos é melhorar a nossa imagem junto aos terrestres. Assim creio que, ao resolver os problemas urgentes dos terráqueos teremos a nossa imagem restaurada.
O Conferencista aproximou e disse: Os problemas urgentes do Planeta Terra são a longo prazo, a superpopulação, escassez de água, e a curto, o aquecimento global a poluição e o desmatamento desenfreado. - O Conferencista muito empolgado foi logo dizendo nós temos tecnologia para resolver isto, somos os melhores – O plenário choveu de aplausos - felicidade plena, uma forma pedagógica de repassar a conferencia aos humanos, vez em Aquarius a emoção não existe.
Problema resolvido declarou o conferencista!!!
O sábio, calmamente, pediu a palavra e disse: meus queridos aquarianos, nós desta maneira não estamos resolvendo problemas do Planeta Terra, mas sim, criando um novo problema – Como assim quis saber a plenária? Fazendo isto não mais que duzentos anos volta tudo de novo. A Plenária perguntou vamos criar um problema com o tempo Terrestre? – Não respondeu o sábio. -E com quem mesmo? Ao que o sábio prontamente respondeu: com a irracionalidade humana.
(*) Professor da Escola de Ensino Fundamental e Médio Monsenhor Vicente Bezerra – Aurora – Ceará.

PROGRAMA GUERRILHA EM MOVIMENTO apresenta:



"CIRCO DO SOPÉ"
Circo-Escola Alegria
Indicação: crianças e adultos
Sábado, 10 de dezembro, 20h
Domingo, 11 de dezembro, 20h
TEATRO RACHEL DE QUEIROZ, Crato-CE
R$ 5,00 (meia) - R$ 10,00 (inteira)

Armazém do som: De repente blues!

    • Hoje
    • 21:00 até 00:00
  •  
    Teatro do SESC Crato
  •  
    A banda De repente Blues foi escolhida para encerrar o Armazém do Som 2011 pelo que mostrou ao longo do ano, ou seja, competência, comprometimento e acima de tudo QUALIDADE! Pensando nisso resolvemos fazer um show de sala para que o público da banda, acostumado ao ambiente noturno dos bares, possa apreciar o show de uma forma diferenciada. Com uma sonorização de primeira, em um ambiente acusticamente privilegiado e confortável. Venha curtir esse show
    e encerrar o ano com chave de ouro nos acordes de um bom e velho blues!
     fonte: http://www.facebook.com/events/256821207705203/
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...