quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Contracultura, tradição e oralidade.



(re)inventando o sertão nordestino na década de 70
ROBERTO MARQUES

O trabalho de Roberto Marques, através da identificação da produção cultural de duas gerações de intelectuais do Crato, a da década de 50 e a de 70, pretende investigar por quais caminhos as idéias aparentemente díspares de modernidade e de tradição se fundem nas manifestações artístico-culturais produzidas na cidade durante as décadas de 70 e 80.

veja neste link

http://books.google.com.br/books?id=mf6eEfdii2kC&printsec=frontcover&dq=Contracultura,+tradi%C3%A7%C3%A3o+e+oralidade&cd=1#v=onepage&q=&f=false

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...