segunda-feira, 12 de julho de 2010

Coletivo Camaradas fará ação no Bairro Independência no Crato

Camaradas se reunirão para lançamento do Cordel de Salete Maria e Assembléia.

Debates Tambores, brincadeiras e poesia farão parte de mais uma ação do Coletivo Camaradas na periferia do Crato. No próximo dia 31, o grupo realizará sua Assembléia e o lançamento do Cordel do Coletivo feito pela cordelista e advogada Salete Maria.


A Assembléia terá como objetivo fazer a renovação da coordenação e discutir o plano de atuação da organização e será realizada na sede da Associação dos Moradores do Bairro Independência. Já o lançamento do cordel será na Praça da Comunidade e vista envolver a população através da apresentação do Grupo de Tambores dos Camaradas, recital coletivo, dramatizações e brincadeiras infantis.


Para o Coordenador do Coletivo Camaradas, Alexandre Lucas, o grupo tem sempre uma preocupação em realizar suas atividades em locais onde está a população excluída do acesso a produção do pensar e fazer artístico. “É forte entre os camaradas o conceito de que não fazemos arte para os artistas. Fazemos arte com e para o povo”, afirma Lucas.


Salete Maria presenteia o Coletivo Camaradas com Cordel


Salete Maria é advogada, professora universitária, ativista pelos Direitos Humanos; tem inúmeros cordéis publicados e premiados, sendo a maioria deles sobre direitos das mulheres e temas ligados às questões marginais e periféricas. Salete vem ao longo dos anos desenvolvendo uma poética de preocupação e reflexão social. A poesia da cordeslista é emancipatória e já teve cordéis premiados pela Fundação Cultural do Estado da Bahia-FUNCEB, recitados pela poetisa Deth Haak, musicados pela cantora Socorro Lira, citados pelo jornalista Arnaldo Jabor e referenciado por diversos pesquisadores brasileiros e apreciado por amantes da literatura popular e da cultura oral Brasil e de outros países. A professora Salete desenvolver a sua pesquisa na área de direito e gênero na América, já tendo visitado países como Colômbia e México aonde estar atualmente. Alexandre Lucas destaca na apresentação do Cordel que Salete tem uma trajetória marcada pela inquietação artística e intelectual, mas sempre ajuntada a história do seu povo e a reflexão do seu tempo. “É um orgulho termos um cordel escrito por uma personalidade do nosso campo estético. Salete defende a nossa perspectiva de arte”, ressalta o coordenador do Coletivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...