quinta-feira, 2 de setembro de 2010

MATINGUEIROS



Eles representam a mais pura tradução da cultura popular no vale do São Francisco,traduzindo-se numa interlinguagem didaticamente globalizada ,incorporando elementos contemporâneos sem descaracterizar os folguedos tradicionais,grandes fontes de inspiração,recriação e farol que guia a linha de trabalho dos Matingueiros. Fundado no distante mês de Maio de 1999,em Petrolina, por um ex- Professor de literatura e redação,o recifense, Wagner Miranda. Que trocou as praias do litoral pelas águas do rio São Francisco,Ele veio para a região para dar uma sacudida no combalido movimento cultural da década de noventa,trouxe com ele a influência do Mangue-beat que imperava na capital Pernambucana e do maracatú Nação Pernambuco. Reuniu artistas de vários seguimentos e montou um espetáculo de música e dança,com um rico figurino. Dentre os folguedos apresentados pelo grupo estão samba de véio,xaxado,maracatú,afoxé,maculelê,ciranda,caboclinho,côco,frevo,xote e baião e muitos outros que torna a cultura nordestina do Brasil numa das mais diversificadas do mundo. O grupo Tem três CDs lançados,que tiveram o auxilio luxuoso de grandes nomes da MPB como Geraldo Azevedo,Quinteto Violado,Hermeeto Pascoal,Dominguinhos,Genival Lacerda,Naná Vasconcelos,Siba,Jorge Mautner,Lia de Itamaracá,Jessier Quirino entre outros nomes de expressão da música Brasileira,que contribuiram para o engrandecimento do trabalho do grupo. O espetáculo traz toda essa riqueza musical,somadas aos movimentos e evoluções do balé Matingueiros que ao longo do show vestem mais de trezentas peças de um exuberante figurino composto a partir de manifestações folcloricas tradicionais: os bordados e as cores dos maracatús. as canções e os figurinos são criados e produzidos pelo próprio grupo;sem esquecer que os elementos primordiais do sincretismo e da alquimia Matingueira tem suas origens sobre tudo além ponte,unindo Pernambuco e Bahia,Petrolina e Juazeiro .E para perpetuação do gênero,os Matingueiros oferecem oficinas e workshops didáticos de dança popular,percussão,adereçamento,fabricação de instrumentos,literatura de cordel e composição musical,onde pessoas de qualquer idade deixam de ser apenas admiradores da cultura popular para serem criadores agentes propagadores. O espatãculo já levou a nossa cultural ao brasil e exterior. Foi o primeiro a levar a cultura Pernambucana a China,em 2002,onde fizeram 40 apresentações,de lá trouxeram além da experiência,alguns instrumentos que incorporaram aos que já tocam. Os Matingueiros pretendem comemorar os dez anos de carreira com shows,discos e um longa-metragem,pondo em evidência esse trabalho tão artesanal que numa profusão de sons, imagens e expressõe celebram a identidade do nosso povo e mostram a grandiosa arte de ser MATINGUEIROS.
William Veras de Queiroz 2010 D.C - Santo Antonio do Salgueiro-PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...