terça-feira, 5 de outubro de 2010

Documentário resgata história do Reisado Dedé de Luna

Tradição e inovação são características do Reisado Dede de Luna no Bairro Muriti no Cidade do Crato. O reisado teve sua primeira formação em 1955, no sítio Cobras constituída por homens que animavam as renovações em sítios do Município, as brincadeiras duravam de um dia para o outro. A segunda formação ocorreu em 1984 já no Bairro Muriti e tendo a frente as filhas do Mestre José Francisco Luna popularmente conhecido como Dedé de Luna.

O grupo inicialmente era denominado de Decolores, após a morte do Mestre em 2002, a filhas prestaram uma homenagem mudando o nome do Reisado para Dedé de Luna.

Atualmente constituído por 30 brincantes a maioria mulheres, o reisado se destaca pela inovação das roupas que recebem detalhes minuciosos de lantejoulas, espelhos e tecidos brilhosos. O traje se diferencia dos demais reisados da Região do Cariri.

Atualmente coordenado pela filhas, mestra Mazé e mestra Penha, o trabalho vem se renovando e crescendo, além do reisado, o grupo mantém ainda teatro de rua, coco, lapinha e reisado infantil.

A história do grupo será resgatará através de documentário que contará a trajetória desse reisado que vem se mantendo vivo há várias décadas. O documentário será o terceiro desenvolvido pelo Projeto “No Terreiro dos Brincantes” que é realizado pelo Instituto Ecológico e Cultural Martins Filho – IEC, vinculado a Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Regional do Cariri – URCA e o Coletivo Camaradas.

O primeiro documentário foi sobre as “Mulheres do Coco da Batateira” e o segundo sobre a “Mestra Zulene Galdino”.

Para a Mestra Mazé esse documentário é importante para o grupo, pois fica na memória das pessoas. Ela destaca que resgatará uma história que vem de uma tradição e que servirá como fonte de pesquisa para estudiosos do assunto.

A acadêmica de História da URCA e monitoria do Projeto “No Terreiro dos Brincantes”, Ana Cristina de Sales enfatiza que esse trabalho é uma forma de se aproximar e conhecer a realidade dos grupos da cultura popular. Ela destaca que os documentários são importantes recursos pedagógicos para serem utilizado em sala de aula.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...