sábado, 6 de agosto de 2011

Obra destaca a vida de Geraldo Lobo!

Durante o lançamento, Eliane Picanço enfatizou a história de seu pai, trazendo passagens da memória do Crato, Município onde dedicou boa parte de sua vida no ofício de tabelião
ANTÔNIO VICELMO

Eliane Picanço lança livro que homenageia o pai e faz um resgate histórico e da memória da cidade do Crato



Crato. Lançado neste Município o livro "Pela Estrada do Sonho e da Poesia", de autoria da jornalista Eliane Macedo Picanço, editora do Caderno Infantil do Diário do Nordeste. A solenidade foi realizada no auditório do Instituto Cultural do Cariri, com a presença de intelectuais, representantes da imprensa, amigos e, também, familiares da jornalista.



A solenidade de lançamento representou um evento concorrido na atividade intelectual do Município, dedicando-se um valioso espaço para a memória e o resgate de fatos importantes da história do Crato.



O livro é uma biografia do pai de Eliane, Geraldo Macedo Lobo, que foi tabelião no Crato. Ele foi saudado pelo prefeito do Crato, também tabelião, Samuel Araripe que, em seu discurso, destacou os laços de amizade que unem as duas famílias.



Honra



"Para o Instituto Cultural do Cariri foi uma honra sediar esta homenagem a Geraldo lobo", disse o presidente da entidade, Manoel Patrício de Aquino. A autora do livro, Eliane Picanço, agradeceu, sensibilizada, a presença dos amigos e familiares, bem como a colaboração recebida para elaboração do livro.



Simplicidade



A solenidade foi encerrada com Geraldo Lobo recitando uma poesia de sua autoria. Em seguida, enquanto era servido um coquetel aos presentes, a jornalista Eliane Picanço autografou sua obra.



O livro, intercalado de poesias e depoimentos de amigos, é uma exaltação aos princípios éticos, morais e religiosos que nortearam a vida de Geraldo Lobo, a começar pelo primeiro acidente aéreo ocorrido no Crato, em 1933, quando um avião, pilotado pelo então tenente cratense José Sampaio Macedo, decepou a cabeça do pai do tabelião Geraldo, Eloi Macedo.



A tragédia mudou a vida de Geraldo. A dor e o sofrimento da família se transformaram em solidariedade ao menino pobre, inteligente que foi escolhido para estudar numa escola agrícola de Minas Gerais, que hoje tem o nome de Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudoeste de Minas Gerais.



Com a simplicidade de quem passou a vida escrevendo para crianças, Eliane foi enchendo de poesias e emoções as páginas de um livro redigido com o coração de uma filha, a paixão de uma mãe e o sentimento e sensibilidade de uma jornalista.



Sentido do livro



Ao mesmo tempo em que descreve a vida do pai, narra episódios que marcaram a história do Cariri como a morte do Padre Cícero, as secas, os usos e costumes da época.



Com um uma escrita objetiva e emotiva, Eliane levou o leitor a se sentir acompanhado num passeio saudosista pelos engenhos de rapadura do Cariri, onde a família se reunia nos fins de semana. O livro tem um papel fundamental na proposta de construção de uma sociedade justa e fraterna, tendo como base a família.



Família



A obra de Eliane Macedo, como relata a autora, é uma resposta a mudança comportamental imposta pela modernidade. É uma parada no tempo para uma reflexão sobre o sentido da família, a função do pai presente em sua corporalidade e afetividade, que se depara com a demanda subjetiva, advinda da exigência de revisão de seu papel no mundo contemporâneo.



Geraldo Macedo Lobo, figura central do livro, é, desse modo, a imagem deste pai em transformação que acolheu e conviveu com o processo de mudança em marcha: o pai que transitou entre valores novos e arcaicos, que fez do cartório um instrumento de sobrevivência e prestação de serviços à comunidade. Ele faz parte da nova geração que reinventa o papel de pai, deixando para trás o modelo de pai provedor e autoritário desempenhado pelas gerações anteriores. Para amigos, ontem, era ele que estendia a mão aos filhos. Hoje, com 90 anos de idade são os filhos que o carregam para a merecida homenagem em sua terra natal, contribuindo com um trabalho que destaca a memória e a esperança.



MAIS INFORMAÇÕES:

Cartório Geraldo Macedo Lobo - Rua Senador Pompeu, 304

Centro - Município do Crato

Telefone: (88) 3521.1107



Antônio Vicelmo

Repórter

--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...