segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Pesquisadores e brincantes conversam sobre Cultura Popular na URCA



O que é cultura popular? É o tema da roda de conversa realizada pelo Projeto “No Terreiro dos Brincantes” desenvolvido pela Universidade Regional do Cariri – URCA, através do Instituto Ecológico e Cultural Martins Filho – IEC.

A roda de conversa acontecerá dia 03 de agosto (quarta-feira), às 19 horas, no Salão de Atos da URCA e contará com participação da Doutora em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará e coordenadora do Núcleo de Estudos Regionais da URCA , atuando nas áreas de Religião, Cultura Popular e Patrimônio Imaterial, Renata Marinho Paz; do dramaturgo, folclorista e pesquisador de cultura popular, Cacá Araújo; do pesquisador, artista/educador e integrante da União dos Artistas da Terra da Mãe de Deus, Jean Alex e da Mestra Mazé do Reisado Dedé de Luna.



A intenção do evento é propiciar uma aproximação entre os pesquisadores e os brincantes, além de possibilitar que o público tenha a oportunidade de escutar os próprios feitores da cultura popular.


O evento faz parte das ações de formação/vivencia dos monitores do Projeto “No Terreiro dos Brincantes”, além deste momento que é aberto aos interessados no assunto. Os monitores terão ainda oficinas sobre noções de fotografia, filmagem, roteiro e produção cultural.


Essas são etapas preparatórias para a segunda edição do Projeto que visa produzir documentários de curta duração sobre cultura popular, os quais são disponibilizados na Internet e as escolas, pesquisadores e brincantes.


De acordo com a monitora do Projeto No Terreiro dos Brincantes, Alyne Feitosa esse é momento para aprofundar o conhecimento sobre cultura popular e ressalta a importância de reunir no evento o erudito e o popular para compreensão estética, artística e cultural do povo do Cariri.


Para o professor doutor Roberto Siebra, atual diretor do Instituto Ecológico e Cultural Martins Filho – IEC, essa roda de conversa possibilita que a universidade se aproxime do conhecimento valoroso das manifestações populares. Ele enfatiza que esse conhecimento é na maioria das vezes desprezado por uma elite intelectual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...