domingo, 21 de agosto de 2011

Universidade Federal do Cariri!

A educação brasileira, malsinada por séculos de descuidos e inoperância, está dando um passo fundamental para melhorar seu desempenho e assegurar um futuro de compromisso com o desenvolvimento.

Sabemos ser premente a necessidade de expansão da educação superior em nosso país porque, em média nacional, apenas 24,31 % dos jovens brasileiros, com idade entre 18 e 24 anos, têm acesso ao ensino superior. Desde 2007, com a criação do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais, o REUNI, o Governo Federal adotou uma série de medidas para retomar o crescimento do ensino superior público.

A iniciativa de interiorização dos campi da Rede Federal de Educação Superior, a partir de 2003, aumentou o número de municípios atendidos pelas universidades, que passou, desde aquela data, de 114 para 237 em 2011.

O processo de expansão já criou 14 novas universidades e mais de 100 novos campi, com a consequente ampliação de vagas e a geração de novos cursos de graduação.

As principais metas do Programa são a elevação gradual da taxa de conclusão média dos cursos de graduação presenciais para 90%;a elevação gradual da relação aluno/professor para 18 alunos por um professor e o aumento mínimo de 20% nas matrículas de graduação até o ano de 2013. Depois de muitos anos de luta, presenciamos, em Brasília, a solenidade de ampliação do número de universidades e institutos federais de educação no Brasil, entre elas a Universidade Federal do Cariri, com quatro campus. E a presidenta Dilma Rousseff foi clara ao afirmar que "Estamos fazendo pela educação o que não foi feito nos últimos 100 anos".

Ela disse, ainda, que se o Brasil tivesse apostado em educação de forma maciça, inclusiva e sistemática, teríamos dado, muitos anos antes, os passos necessários para que nosso país tivesse o pleno uso dos seus potenciais econômicos e, sobretudo, para que nossa população tivesse acesso a um melhor nível de conhecimento e, portanto, um padrão de vida mais elevado.

Na ocasião, a presidenta anunciou para todo o Brasil a criação de quatro universidades federais, a abertura de 47 campus universitários e 208 unidades dos institutos federais de educação, ciência e tecnologia.

Até 2012, serão implementados 20 campus universitários em oito estados e 88 unidades de institutos federais em 25 estados.

As unidades estarão em funcionamento nos próximos três anos.

O Ceará, que até aqui tinha apenas duas universidades federais, foi muito beneficiado com o Plano de ampliação do programa: Juazeiro do Norte vai sediar os campi da região e serão implantados campus no , Barbalha, Crato, Icó e no meu querido Brejo Santo. Este, aliás, era um antigo sonho do nosso povo que agora se torna realidade no Governo Dilma. Também serão transformados em campus federais as faculdades de Crateús e Russas. Cada campus custará R$ 20 milhões.

Além do mais, foi anunciado que ganharão escolas profissionalizantes federais os municípios de Maranguape, Boa Viagem, Itapipoca, Horizonte, Paracuru, Acopiara e Umirim, ao custo, cada escola, de cerca de 7 milhões de reais.

Naquele momento, o ministro da Educação, Fernando Haddad, solicitou todo o empenho dos prefeitos dos municípios beneficiados que atendam com rapidez as informações técnicas de infraestrutura dos campus pedidas pelo MEC.

Todos têm a consciência do que esta decisão de governo federal significa e que mudanças benéficas vão trazer para os estudantes pobres oriundos da escola pública. Para minimizar as dificuldades das estudantes destes municípios, foi instituído, em 2007, o Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES), através do qual passaram a contar com auxílio para alimentação, transporte, moradia, apoio pedagógico, inclusão digital, assistência a saúde, cultura, esportes e serviços de creche. É assim que se faz um país.

A educação é o caminho seguro e irrecusável para o desenvolvimento, o fortalecimento dos valores nacionais, a liberdade e a soberania.

líder do bloco parlamentar PSB-PT e ex-presidente da Assembleia Legislativa
fonte:diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...