terça-feira, 25 de outubro de 2011

Desabafo aos meus seguidores, amigos e batalhadores da Cultura do Cariri

Meus amigos, às vezes eu tenho vontade de expor tudo o que eu penso...infelizmente parece ser mais sábio calar, quem tem suas críticas e questões em relação à política cultural do nosso país, estado, município, MANIFESTE com seus próprios argumentos, apesar de eu ter um blog voltado para cultura da nossa região, nesses anos aprendi que nada posso mudar, apenas acrescentar com o que gosto, pesquiso e ACREDITO, minha forma de manifesto agora é apenas me excluir de movimentos, eventos, discussões das quais não APOSTO!
Isso é nada???
Mas é a minha forma, e mesmo sutil ela tem um efeito...a prova é seu pedido de que eu me manifeste. Deixa acontecer, tudo que é feito com amor pela arte acaba sendo "do bem", eu ainda acredito na boa fé das pessoas, acredito na cultura do Cariri, nesse berço de artistas, no nosso potencial ecológico, musical, poético!
Crédula? Até posso ser...mas se tirarem de mim o amor e a confiança que poderemos voltar a ser Terra da Cultura, a vida perde um pouco o sentido pra mim!
Acessa o meu blog, seja autor e se exponha, dar a cara à tapa eu não quero em nem mais uma situação da minha vida, viver de música já tem seus fardos, poderia sim ser uma questionadora, se alguém estivesse interessado em ser questionado, em ouvir opiniões, juntar, agregar, unir forças...mas a mediocridade das "panelinhas" inibe, exclui, é BURRA, VINGATIVA E NADA DEMOCRÁTICA! Se me manifesto como blogueira, sou atingida como artista, se me manifesto como artista sou atingida no meu lado pessoal, de mãe, mulher, ser humano!Vou fazendo o meu trabalho de formiguinha e atenção: SEM GANHAR NEM UM CENTAVO POR ISSO, SÓ POR AMOR, quando achei que poderia ganhar alguns centavos por isso, quiseram junto minha alma, minha paixão e verdade...
Ser a pessoa que sou já me custa um preço enorme....

5 comentários:

  1. Minha resposta à quem me pede, com carinho, minha opinião em relação à alguns eventos regionais dos quais eu não participo, não estou engajada, portanto, nada tem a ver comigo!
    Amigos, eu aposto no crescimento cultural da nossa região,nos artistas, nas iniciativas, existem várias formas de se manifestar, encontre a sua, eu amadureci e encontrei a minha, mas obrigada pelo respaldo que me deu!
    Bjos e espero que pelo menos Você não me interprete mal...

    ResponderExcluir
  2. Janinha, bem-vinda ao Clube!

    Eu posso compreender a sua situação, porque vivo há muitos anos algo parecido.

    Aqui existem panelinhas, a Panelinha da URCA por exemplo, que me excluem todos os anos dos shows da Expocrato. Fui reclamar em vários Blogs. Reclamei no Coletivo Camaradas e me excluíram de lá. Reclamei da Panelinha no Blog Cariricult, e o Salatiel me excluiu de lá.

    Mas eu não perco a minha dignidade. Aqui, infelizmente, existem muitos sacanas e panacas metidos a intelectuais, são mais bestalhões do que pseudos, e na verdade, eu CUSPO na panelinha deles.

    Eu sou uma instituição. Faço meus shows de forma independente. Hoje em dia toco onde e como quero. Lá fora sou respeitado. Existem 2 convites de duas pessoas diferentes para fazerem 2 documentários sobre minha vida e arte. Aqui o pessoal nem me convida.

    Eu sempre pensei que o Crato é fim de linha, resolvi parar aqui enquanto dou um tempo naquelas minhas viagens incessantes, que fiz até 2005, mas tempos virão em que irei por o pé na estrada, e dessa vez para bem longe do Cariri.

    Eu não sou um artista do Cariri. Eu sou um artista do mundo, que por um acaso nasceu no cariri. Não me identifico com muitas tolices que vejo meus compatriotas chamarem de ARTE. Arte mesmo, pra mim é outra coisa, muito grande, superior a essas mediocridades que a gnte vê todo dia. De certo modo, não culpo muitas pessoas que dizem que detestam a arte do Cariri por serem leigas. Mesmo letrados, é possível que se deteste também.

    Que dirá ter que aturar tantas panelinhas feitas por medíocres que se acham artistas. Ahhhhhhh !!!

    Receba o meu Abraço!
    Precisamos fazer um som, antes tarde do que mais tarde.

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  3. Adorei Dihelson, impressionante como gerenciar um blog te obriga às vezes a se posicionar radicalmente sobre certas questões ou então se perde a credibilidade!
    Ah, eu criticaria sim, se as mesmas pessoas que pedem que eu me manifeste não roessem a corda na hora do vamos ver, fica tudo nas minhas costas, é muita mediocridade, pobreza, concordo com o que você disse, mas ainda assim, acredito que existam pessoas de boa fé, com a verdadeira alma LEVE de artista, que torce e vibra pelo sucesso do seu colega!

    ResponderExcluir
  4. Janinha, nesse negócio de Jornalismo, eu recebo tanta porrada, tanta gente que só quer me tirar o couro, que se eu fosse uma pessoa com tendencia à depressão, já teria me suicidado.

    Desde o momento em que acordo ao que vou dormir, tem sempre um pra encher o saco, escrever comentários maldosos, tem gente que persegue a gente pra onde se vai. Até no Facebook.

    Há quase 7 anos no ar, eu acabei me tornando uma pessoa praticamente OPOSTA ao que eu era. Eu me tornei mais insensível, mais cruel, mais lutador, mais autoconfiante, não dou ouvidos a todo mundo... gente que diz besteira, eu já jogo na lata de lixo, não dou ouvidos... e assim por diante. É um mecanismo que a gente desenvolve pra se defender dos ataques dos idiotas.

    Não dá pra agradar a todo mundo, e a primeira coisa realmente boa que eu fiz foi cortar os anônimos. Ora, se eu me exponho, se dou a cara à tapa, porque eu iria deixar que um anônimo publique alguma coisa ?

    Ontem mesmo, uma pessoa entrou em contato comigo querendo que eu publicasse que ele foi espancado por um policial. Eu respondi, "Eu publico, se você me disser seu nome e o do Policial, porque o policial quando ler, vai querer saber quem foi que escreveu."

    A pessoa não quis se identificar e ficou com raiva de mim. ORA! Eu to pouco me lixando pra esse povo, se não quer se identificar, como é que eu vou escrever algo que vai atacar o policial, sem que eu saiba nem se é verdade ou mentira ?

    Então, minha amiguinha, Nem Jesus agradou a todo mundo, e tentar agradar a todos, é desagradar a todos. A gente só deve atenção a quem gosta da gente.

    Lembra do ditado:

    "Só dê ouvidos a quem gosta de você" ?

    Pois eu sigo isso. Como é que uma pessoa que não gosta de mim vai um dia dar um conselho ou idéia para meu bem ? Pelo contrário, se ela nao gosta de mim, vai querer é me enterrar, fazendo comentários maldosos e conselhos para o mal.

    E quanto mais você ficar conhecida, mais será atacada. Aprendi com Mônica Araripe, que sofre muitos trotes. O povo é ruim, amiga! Só quer ver a desgraça alheia, poucos se salvam, e é só a esses que devemos nossa atenção.

    O resto, Janinha, mande tudo pra aquele lugar, que não tem erro!

    O Mundo é de quem Faz!
    E DURMA FELIZ!

    Abração,

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  5. Foi boa Dihelson , obrigada pelos toques, ainda vou amadurecer muito com essa história!
    Maldade é só o que existe mesmo...
    Estou tentando dar ouvidos a quem gosta de mim!
    Valeu pelos toques e ajuda aqui no blog!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...