terça-feira, 17 de janeiro de 2012

IEC fecha parceria com Secretariade Cultura do Crato para o Projeto "No Terreiro dos Brincantes"

A produção de documentários de curta duração sobre os mestres e grupos da cultura popular da região do Cariri é desenvolvida através do Projeto “No Terreiro dos Brincantes” realizado pelo Instituto Ecológico e Cultural Martins Filho – IEC da Universidade Regional do Cariri - URCA e o Coletivo Camaradas. O Projeto teve inicio em janeiro de 2010 e a pretensão é a distribuição de oito documentários para as escolas da rede pública a partir de fevereiro deste ano.


Visando fortalecer e garantir condições de continuidade do Projeto, foi efetivada uma parceria com a Secretária Municipal da Cultura, Esporte e Juventude do Crato. A parceria prevê articulação para viabilizar transporte para as visitas as comunidades e disponibilização de espaços para realização das reuniões do Projeto.


Outro fator importante é a abertura de monitoria para estudantes de universidades e faculdades da região do Cariri. Nos próximos dias estará sendo divulgado edital para o processo de seleção para monitores. Os quais terão a oportunidade de estudar e vivenciar a cultura popular. Anteriormente, a monitoria era destinada apenas aos estudantes da URCA.


Para a Secretária Danielle Esmeraldo, o projeto veio numa boa hora, tendo vista, que a Secretaria tinha o interesse em fazer registro audiovisual das manifestações artísticas e culturais do Município. Ela destaca que esse é um dos projetos importantes para se conhecer a diversidade dos grupos e dos mestres.


Para o diretor do IEC, professor Roberto Siebra essa parceria viabilizar que o Instituto possa ampliar sua área de atuação. Ele frisa que o projeto é um mecanismo importante para socializar o conhecimento sobre a cultura popular na região do Cariri.


O coordenador do Projeto “No Terreiro dos Brincantes”, o artista/educador Alexandre Lucas destaca que a parceria possibilitará as condições mínimas de funcionamento do Projeto que é viabilizar o deslocamento da equipe para os as comunidades em que residem os brincantes. Ele enfatiza que os documentários, além de serem distribuídos nas escolas serão disponibilizados na internet para que qualquer possa ter acesso ao material produzido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...