terça-feira, 12 de novembro de 2013

Fatinha Gomes, cantora expõe sua opinião sobre o MIMC!



Sobre o MIMC: Mostra Independente da Música Cariri.
Estive lembrando esses dias de algo que ouvi a algum tempo:
" Fatinha,no Cariri sempre produzimos muita arte,muita cultura e nunca deixamos de produzir por falta de grana ou de matéria prima,apoio ou qualquer outra demanda ,em um certo momento só contávamos com nossa boa vontade,talento e resistência. Então porquê precisamos parar agora?" 
Nunca esqueci disso que ouvi de um grande Menestrel e foi por essas palavras que junto com muitos outros artistas nunca paramos de produzir! Maior exemplo de humildade,respeito e resistência pela arte que se faz! Com isso quero deixar aqui minha admiração pela legitimidade do MIMC- Mostra Independente da Música Cariri!
Eu sei e sei muito sobre trabalhar com música no Cariri,os impasses,as inseguranças,as instabilidades técnicas e muitas e muitas outras questões que aqui nem cabem ressaltar,no entanto estamos na ativa,deixando que a música sempre fale mais alto. 
Ações periódicas devem acontecer, como: Oficinas,Rodas de Conversa,Fóruns,Shows,Diálogo entre grupos e apoio maior a Música do Cariri Contemporâneo, pois as vezes tenho a sensação que foram esquecidos! Eu ressalto aqui a importância do apoio aos grupos da Tradição Popular,eu os admiro muito,já tive a honra de trabalhar com alguns deles,no entanto percebo que existe um Cariri Contemporâneo negado,anulado,vilipendiado. A música autoral pede passagem,a diversidade pede passagem, as releituras e tendências mil da música Cariri pedem passagem! Sempre perpassei os universos do Erudito,do Popular e Contemporâneo na música e para surpresa minha,num misto de qualidade,música,intuição,emoção,amor,humanidade, eu encontrei a mim mesma,tenho gostado não somente da Música Cariri e sim da Música que se produz no Cariri. A exemplo disso, o MIMC pode agregar todas essas tendências,com o perdão da palavra,sem frescuras,discriminações, na humildade por uma grande celebração da música! De fato estamos passando um momento delicado em termos de estrutura,caminhos a seguir,mas logo as coisas se ajustam,somos muitos,somos fortes e unidos,qualquer um pode nos excluir,mas não excluímos a nós mesmos,nem ao nosso talento,nossa vontade de ver as coisas acontecerem! Esse movimento musical tem sua legitimidade,autonomia,poder político,sensibilidade e tem garra para perdurar! Eu desejo que haja sempre diálogo entre as instituições e pessoas representativas da cultura do Cariri,que não tenha nada,verba,estrutura,dane-se,mas eu desejo que não haja um distanciamento daqueles que pelo poder nos representa,o momento é de dialogar,crescer e não de excluir! O MIMC foi e representa para mim o maior exemplo de democracia com a nossa música! Obrigado e essa é a minha opinião!Janinha Brito grata por essa força e coragem representativa minha irmã,amiga querida,eu te amo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...