domingo, 7 de novembro de 2010

Artista do Cariri participa do Circuito de interações estéticas




artista visual e atualmente coordenador do Coletivo Camaradas, o professor Alexandre Lucas participa no período de 07 a 10 de novembro em Recife – Pernambuco da segunda edição do Circuito Interações Estéticas promovido pelo Ministério da Cultura, através da Fundação Nacional de Artes (Funarte), a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e a Secretaria de Cidadania Cultural.


O objetivo do evento é reunir artistas, especialistas e convidados para conhecer, discutir e trocar experiências sobre as residências artísticas em Pontos de Cultura do país.



O Circuito contempla exposições, mesas com especialistas, oficinas de dança, fotografia, quadrinhos e poesia, mostra de cinema, apresentações musicais e de teatro, fanzine, rádio itinerante e um encontro da rede de Interações Estéticas, formada por coletivos artísticos e


Pontos de Cultura.
O intuito do artista Alexandre Lucas durante o encontro é colher entrevistas para o seu documentário e para sua coletânea de artigos que versará sobre as inter-relações entre arte, estética, política, cultura e educação. Trabalho vem sendo pesquisado, discutido e vivenciado pelo artista nos últimos anos através dos seus trabalhos de arte ligada a uma perspectiva de envolvimento e interação com o público. Lucas desenvolve uma espécie de experiência estética e reflexiva através da sua atuação no Coletivo Camaradas e na EEFM Polivalente Gov. Adauto Bezerra no Crato. “A vida é o grande laboratório da arte e temos que devolver ao povo o acesso e a vivencia estética e artística como instrumento de humanização”, enfatiza o artista.


Ação Interações Estéticas

É uma ação da Secretaria de Cidadania Cultural do MinC, em parceria com a Fundação Nacional de Artes (Funarte), que promove o intercâmbio, o compartilhamento e a troca de experiências por meio de residências artísticas em Pontos de Cultura de todo o país. Deste diálogo entre artistas, Pontos de Cultura e comunidades, formou-se uma nova e importante rede social e cultural, que se articula para além dos limites entre a “cultura erudita” e a “cultura popular”. Esta aliança criativa estabelece um território comum para garantir espaço à diversidade cultural brasileira no panorama artístico contemporâneo do país. Os projetos são selecionados pelo edital do Prêmio Interações Estéticas. Nas duas últimas edições do Prêmio (2008 e 2009), houve o envolvimento de artistas em mais de 200 Pontos de Cultura, das cinco regiões brasileiras. Na edição 2010, foram premiadas quase 140 propostas, totalizando 357 projetos de residência artística.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...