terça-feira, 3 de janeiro de 2012

CAOS E BARBÁRIE NO CEARÁ

Quando eu era criança tinha medo de Papa-Figo, Miguel Preto que virava bicho, tremia só de ouvir falar em Belquior e no Bandido da Lanterna...

Hoje, adulto, não sei se sinto medo ou revolta ou decepção. Estou pensando na barbárie que se instalou no Ceará, impedindo o cidadão de sair de casa, trabalhar, se divertir, visitar parentes e amigos.

Essa greve dos policiais, que considero justa, foi a evidência derradeira da degenerescência do modelo político-administrativo implementado por Cid Gomes no Ceará, infelizmente apoiado pelas forças de esquerda, enganchadas no poder, outrora eficientes na defesa dos interesses populares. Seu domínio e ingerência sobre o judiciário e o legislativo denunciam a indecência e maculam a imagem dos poderes instituídos.

Sou professor. Lembro-me como fomos tratados no curso de nossa gloriosa greve. Violência. Diálogo zero, salvo quando era para comunicar as imposições governamentais. Corrupção de lideranças sindicais, ameaças a colegas, compra de votos na nossa própria assembleia por seus prepostos das CREDE's.

Sou cidadão. Estou à mercê da generosidade dos bandidos que tomaram de conta do Ceará, enquanto nosso governador curte férias na Europa e despreza a todos nós, soldados das ruas, quartéis, dos hospitais, das salas de aula... profissionais da rede pública!  

Neste momento, crianças e mulheres podem estar sendo estupradas, casas e comércios assaltados, vidas ceifadas, sonhos rompidos no limiar de seu alvorecer, tudo com o mão omissa daquele que foi ungido pelo povo para a tarefa de promover o bem comum, a segurança, a responsabilidade, o desenvolvimento, o correto uso das verbas públicas e governar segundo a necessidade e o interesse de todos o povo.

Cidadãos cearenses,

Nossas armas são as grandes mobilizações sociais e populares, as orações, o voto e, mais importante, nosso espírito indômito que teima em prosseguir na conquista da felicidade!  

Rumemos, então, grande exército que somos, unidos na edificação da verdadeira dignidade na política e na administração pública!

Construamos, irmãos e irmãs deste caro torrão, o ímpeto revolucionário que pode alavancar a vitória da justiça, da honestidade, da igualdade, do respeito ao cidadão e à cidadã, ao trabalhador e à trabalhadora!

Somente a vida honrada nos interessa!  

Cacá Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...